Concurso MPU 2020: Preparativos para um novo edital confirmados

0
143
Concurso MPU 2020: Preparativos para um novo edital confirmados
Concurso MPU 2020: Preparativos para um novo edital confirmados

Atualização importante para os concurseiros de todo o Brasil! Ontem, segunda-feira, 27, saiu a notícia de que o edital para um novo certame para este ano estaria sendo preparado. O anúncio foi confirmado pela Assessoria de Imprensa da Procuradoria Geral da República, e posteriormente oficializado pela Secretaria-Geral. Ou seja, tudo indica que haverá de fato a liberação do MPU 2020.

A meta do órgão está na reposição das chamadas vagas originárias – aquelas que vinculam inicialmente o servidor ao cargo, emprego ou função por meio de nomeação – principalmente às de antigos servidores aposentados ou que irão se aposentar em 2020. Apesar do comunicado dos preparativos de um novo concurso, ainda não há informações detalhadas, como número de vagas, salários, locais das vagas e etc.

Concurso MPU 2018 pode ser prorrogado até 2023

Há cerca de dois anos atrás, o Ministério Público publicava o edital para o concurso MPU 2018, que contou com a oferta de 47 vagas para os cargos de técnico em administração (nível médio) e analista em Direito (candidatos com diploma superior na área). Com validade de dois anos, contados a partir da divulgação da lista de aprovados, o resultado final está válido até 2021, com possibilidade de prorrogação até 2023.

Isso porque além das oportunidades imediatas, o órgão abriu formação de cadastro reserva com mais de 7 mil aprovados. O salários eram atrativos: R$ 7.772,80 (técnico de administração) e R$ 12.169,89 (analista em Direito). A carga horária estipulada para as funções é de 40 horas por semana. 

As chances de atuação dos aprovados incluíam estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Amazonas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Pará, Espírito Santo, Distrito Federal, Santa Catarina, entre outros. 

O que esperar do MPU 2020?

Ainda com concurso válido até final de 2021, o MPU 2020 poderá não contemplar os cargos em administração e analista em Direito. Por outro lado, de acordo com os portais de transparência das quatro áreas que pertencem ao órgão – Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Militar (MPM) e Ministério Público do Distrito Federal e Território (MPDFT) – há carência para as funções de segurança e transporte. 

O edital que contemplava os cargos aconteceu em 2015. Ou seja, até aqui houve mudanças significativas no quadro de servidores. Na época, as exigências para as vagas incluíam ensino médio completo  e Carteira de Habilitação Nacional nas categorias D ou E. A remuneração inicial era de R$ 8.676,26.

Sobre as provas, com base nos editais anteriores, cobrou-se dos candidatos aplicação de conhecimentos básicos e específicos, com média de 120 questões, no método em que uma errada anula uma correta. Redação e outros exames podem surgir a depender dos cargos a serem disponibilizados no próximo concurso. 

Acompanhe as atualizações e divulgação do certame no Edital Concursos Brasil. 

Leia ainda: Concurso PM SP: Autorizadas 5.605 vagas para níveis médio e superior; Salário de até R$ 6,7 mil

Deixe uma resposta