“Com certeza foi ela. Minha filha é uma irresponsável”, diz mãe de mulher presa acusada de matar o filho em CG

0
54
Avó da vítima disse não ter dúvidas de que a autora do crime foi sua filha de 26 anos – Foto: Reprodução

A dona de casa Luciana dos Santos, avó do bebê de 1 ano e dois meses, que acabou morrendo após ser espancado em Campina Grande, disse não ter dúvidas que a autora do crime foi mesmo sua filha.

Em entrevista exclusiva ao Blog, Luciana afirmou que sua filha, Raline dos Santos, de 26 anos, que foi presa no início da noite desta terça-feira (24) pela polícia, é uma mãe irresponsável e que não cuidava dos filhos como deveria.

“Ela cuidava dos meus netos muito bem, mas, depois que se envolveu e foi morar com um homem ‘errado’, virou a cabeça e não queria mais saber dos filho. Então, sobrou para mim. Ela é muito irresponsável”, afirmou.

Luciana alegou não ter participação no crime e revelou que vem sofrendo ameaças desde que o caso ganhou repercussão. “Estou com medo de sair porque estão à minha procura. Estou sendo ameaçada. Se eu devesse, eu ficaria calada”, declarou.