Com a Selia a 3,5%, quanto rende R$ 1,5 mil na conta do Nubank?

0
85

A taxa básica de juros (Selic) foi elevada em maio de 2,75% para 3,5% ao ano, modificando o rendimento de diversas opções de investimento. O patamar é o maior desde maio de 2020, e serve para aquecer a economia e controlar a inflação, que disparou no país durante a pandemia.

Como essa taxa influencia do rendimento de aplicações em renda fixa, é a hora de quem tem dinheiro na conta do Nubank pegar papel e caneta para fazer as contas de qual será sua nova remuneração. Antes de mais nada, é importante saber que o banco digital oferece rendimento igual a 100% do CDI, com liquidez diária, valor próximo ao da Selic.

Quanto rende R$ 1.500 no Nubank com a Selic a 3,5% ao ano?

Com já foi citado, a conta digital da fintech tem rendimento automático de 100% do CDI, mesmo retorno oferecido para quem investe em RDB na empresa. O aumento da Selic resulta tanto no aumento do rendimento do CDI quanto no da poupança, por isso é preciso saber se ainda vale a pena deixar o dinheiro parado na conta do banco digital.

A poupança oferece rentabilidade de 70% da Selic mais Taxa Referencial (zerada atualmente), o que significa que o aumento na taxa básica elevou o rendimento dessa modalidade para 2,45%. Veja a comparação entre as duas modalidades considerando uma aplicação de R$ 1.500 pelo prazo de dois anos:

  • Conta Nubank: rendimento de até R$ 85,58, já incluso o desconto do Imposto de Renda;
  • Poupança: rendimento de R$ 74,40 isento de IR.

O retorno nesse caso representa R$ 11,18 a maior no banco digital do que na poupança. Isso significa que, mesmo com a mudança, deixar dinheiro no Nubank ainda vale mais a pena.

Leia mais: Banco Inter: Quanto rende R$ 1 mil em CDB após um ano?