Com a entrega do Residencial Saturnino de Brito, maior programa habitacional realizado na Capital retira mais de 9 mil pessoas de áreas de risco

0
66

Desde 2013, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) tem investido em conjuntos habitacionais, beneficiando principalmente pessoas que moravam em comunidades localizadas em áreas de risco. Com a entrega do Residencial Saturnino de Brito, no último dia 10, com 400 unidades, mais 1.600 pessoas estão morando em segurança. Com a mudança das famílias da comunidade Saturnino de Brito para as novas casas, neste sábado (15), as equipes da Secretaria de Habitação e Defesa Civil do Município demoliram as antigas residências, na comunidade do Renascer, às margens do Rio Pacote.

De acordo com a secretária de Habitação da Capital, Socorro Gadelha, desde o início da gestão do prefeito Luciano Cartaxo, foram extintas nove áreas de risco, o que beneficiou moradores de mais de 30 comunidades. Segundo ela, as intervenções que tem sido realizadas na comunidade Saturnino de Brito e adjacências, após a entrega do novo residencial, fazem parte de uma nova etapa do projeto.   Socorro Gadelha informou que será feita a recuperação ambiental das áreas degradadas e a urbanização do local. “Na rua Saturnino de Brito as famílias já estão morando no Residencial Saturnino de Brito, um projeto onde a Prefeitura beneficiou 400 famílias”, comentou.

Na rua Saturnino de Brito foi construído o muro de contenção da barreira e será feita a abertura de uma nova avenida na Comunidade Renascer, além da construção de escadarias e drenagem do Riacho do Pacote, que invadia as antigas casas durante o período chuvoso.

O Secretário adjunto da Habitação André Coelho, lembrou que as pessoas que moravam em área de risco na região da rua Saturnino de Brito e no Conjunto Renascer já estão devidamente acomodadas na Residencial. Por isso, a Semhab, em um trabalho conjunto com a Defesa Civil do Município e outras secretarias, estão demolindo as casas vazias. Ele explicou que o trabalho está sendo feitas de acordo com um calendário. “Com a área limpa vai ficar mais fácil trabalhar, já que vai ser feita a remoção de material, com a movimentação de máquinas pesadas. Além da abertura da avenida e drenagem do Rio, também vai ser construída uma escadaria de acesso entre o Renascer, a rua Saturnino de Brito e a Balaustrada, na avenida Trincheiras em Jaguaribe, uma obra que vai beneficiar centenas de pessoas”.

Residencial Saturnino de Brito – Para a construção do conjunto, por meio de uma parceira entre a Prefeitura Municipal de João Pessoa e a Caixa, foram investidos R$ 47 milhões. O projeto do residencial compõe a construção de 25 blocos de quatro pavimentos com apartamentos de 48 m². Com toda a infraestrutura que inclui sistema de combate a incêndios, água e luz individualizadas, iluminação pública e acessibilidade, em unidades habitacionais adaptadas às respectivas deficiências de cada morador. O Residencial beneficiou não só os moradores da comunidade Saturnino de Brito, mas também pessoas da Vila Nassau, XV de Novembro e do Renascer. Além das 1.600 pessoas, o Residencial beneficia indiretamente,  mais de 3 mil pessoas devido às obras de infraestrutura realizadas, como rede de esgoto e água e pavimentação de ruas.

Comunidades – Desde 2013, o maior programa habitacional realizada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa na cidade retirou mais de 9 mil pessoas de áreas de risco, como moradores do Bairro São José, Timbó, Saturnino de Brito, Rua do Arame, Capadócia, prédio do Dnit e Citex.