CNH Social 2021 abre dois novos processos seletivos; Veja quem pode se inscrever

0
129

Cidadãos brasileiros que aguardam novas liberações da Carteira Nacional de Habilitação (CNH Social) podem comemorar o anúncio de mais vagas no programa que oferece carteiras de motoristas sem custos embutidos. Desta vez, poderão participar residentes dos estados da Paraíba (PB) e Rio Grande do Norte (RN).

A CNH Social 2021 tem como objetivo primordial contribuir para o fim da desigualdade social, ao garantir a oportunidade do direito de dirigir a milhares de pessoas. Isso porque, com o documento em mãos, crescem as oportunidades de emprego e as contratações no mercado de trabalho.

Todos os anos surgem vagas para o projeto da CNH Social em diferentes estados. Goiás e o Espírito Santo, por exemplo, já tiveram as inscrições abertas para o programa este ano. O intuito é que as demais unidades federativas lancem novos editais de admissão em breve.

Até lá, confira a seguir as características do projeto CNH Social 2021 na Paraíba e Rio Grande do Norte, que estão com inscrições abertas para novos interessados.

CNH Social 2021 Paraíba

  • Número de vagas: 5 mil vagas;
  • Período de inscrições: até o dia 10 de maio pelo site;
  • Quem pode participar: cidadãos com mais de 18 anos, alfabetizados, residentes do Estado da Paraíba com CPF e RG regulares, e que não estejam respondendo processos que impeçam a aquisição do documento;
  • Requisitos: 50% das vagas são destinadas para inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), 15% para cidadãos com renda mensal familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio, 20% para estudantes matriculados na rede pública de ensino e 5% para os Beneficiários do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

CNH Social 2021 Rio Grande do Norte

  • Número de vagas: 351 vagas, distribuídas entre as modalidades de CNH categorias A, B, C, D e E;
  • Período de inscrições: até o dia 30 de abril no site do Detran RN.
  • Quem pode participar: cidadãos acima de 18 anos, alfabetizados, residentes do Estado com CPF e RG regulares, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) ou em demais programas assistenciais do Rio Grande do Norte. Ademais, para participar, o candidato não deve possuir restrições judiciais para a obtenção da CNH.

Leia ainda: Com a nova lei de trânsito em vigor, ainda preciso andar com a CNH?