Citroën C4 Lounge muda o interior na China

0
111
Citroën C4 Lounge

Uma das diferenças mais marcantes do novo Citroën C4 Lounge foi a troca do quadro de instrumentos por um totalmente digital e um novo console central.

As mudanças, porém, não ajudaram o modelo a brilhar. O novo painel, monocromático, tem conta-giros de leitura ruim e destoa de sistemas coloridos de alta resolução, como no Volkswagen Virtus e T-Cross.

O sistema multimídia moderno destoa dos controles do ar-condicionadoCitroën

E, ao centralizar os comandos do ar-condicionado no sistema multimídia, a Citroën dificultou o controle do sistema, fazendo com que o motorista tire a atenção da rua por mais tempo.

É provável que os consumidores chineses da Citroën pensassem a mesma coisa, e por isso a marca fez uma nova atualização do C4 Lounge no gigante asiático, trocando todo o painel do sedã.

O interior bicolor é uma característica comum em modelos chinesesCitroën

Só que, novamente, a mudança não foi exatamente positiva. Ok, o novo sistema multimídia tem uma tela maior, com melhor resolução, e não tem mais relação com o controle do ar-condicionado.

 

O novo C4 Lounge chinês será mostrado no Salão de XangaiCitroën

Os comandos do climatizador, porém, são feitos por um cluster de aspecto defasado, sobretudo por conta da tela de cristal líquido âmbar.

O quadro de instrumentos melhorou a leitura. O lado ruim é que, para isso, ele voltou a tornar-se analógico. Ou seja, nesta atualização parece que o C4 Lounge voltou alguns anos no tempo, talvez a 2013 ou 14.

Veja também

Quem gostou do C4 Lounge vendido por aqui não precisa se preocupar. Essa modificação é exclusiva do sedã chinês e não deve chegar ao modelo produzido na Argentina.