Cientistas descobrem subespécie de camaleão tido como menor réptil da Terra

0
70
Cientistas descobrem subespécie de camaleão tido como menor réptil da Terra – Foto: Divulgação

Cientistas alemães anunciaram a descoberta de uma subespécie de camaleão que está sendo considerado o menor réptil conhecido da Terra, por ter o comprimento de uma semente de girassol. Dois dos lagartos em miniatura, um macho e uma fêmea, da subespécie já popularmente conhecida como “nano-camaleão” foram descobertos por uma equipe de expedição alemã-marroquina no norte de Madagascar.

O espécime macho encontrado pelos cientistas tem um corpo de apenas 13,5 milímetros de comprimento, o que o torna a menor de todas as cerca de 11.500 espécies conhecidas de répteis, segundo a Coleção Estadual de Zoologia da Baviera. Já o comprimento total do nariz à cauda é de pouco menos de 22 milímetros.

A Brookesia nana fêmea é significativamente maior, com um comprimento total de 29 mm, conforme anunciado pelo instituto de pesquisa.

Os cientistas lamentaram o fato de não terem encontrado mais espécimes para serem analisados, “apesar do grande o esforço”. A subespécie mais próxima dos nano-camaleões é a micra Brookesia, animal ligeiramente maior, cuja descoberta foi anunciada em 2012.

Os pesquisadores presumem que o habitat do camaleão recém-descoberto é limitado, assim como no caso de subespécies semelhantes.

“O habitat do nano camaleão infelizmente foi desmatado, mas a área foi colocada sob proteção recentemente, então a espécie sobreviverá”, disse Oliver Hawlitschek, cientista do Centro de História Natural de Hamburgo, em um comunicado divulgado pela Reuters.

Com UOL