Cidade Viva Brasília faz celebração especial de aniversário do 1º ano

0
142

Aberta em setembro do ano passado, a Cidade Viva Brasília, décima unidade do Projeto Cidade Viva e a primeira fora do Estado da Paraíba, vai realizar uma celebração especial, neste domingo (26), para comemorar o primeiro ano de sua fundação.

Liderada pelo pastor Saulo Ribeiro e a sua esposa Sabrina, a Cidade Viva Brasília terá um convidado especial, na programação de aniversário de um ano, o pastor, rapper, escritor, ativista e Coordenador do Missão África, Felipe Vilela, a partir das 17h deste domingo (26), no auditório da Faculdade Teológica Batista de Brasília (FTBB), onde a igreja se reúne desde janeiro deste ano. Durante a celebração, haverá homenagens aos membros da Cidade Viva Brasília.

O presidente da Cidade Viva e pastor titular, Sérgio Queiroz, que estava em Brasília no processo da fundação e ministrou o primeiro culto em setembro do ano passado, revelou que “a Cidade Viva Brasília é uma ação do Espírito Santo. Membros da Cidade Viva, que se mudaram para a capital federal nos últimos anos, se juntaram em reuniões domiciliares e oraram a Deus por direção. É bom saber que o Senhor tem abençoado os irmãos sob a liderança do pastor Saulo Ribeiro e de sua esposa Sabrina”, destacou.

Mesmo em contexto extremamente desafiante para a plantação de novas igrejas, a Cidade Viva Brasília nasceu em plena pandemia da Covid-19, em setembro de 2020. Como havia a impossibilidade das famílias se reunirem em casas ou salões dos condomínios, devido à pandemia, os pastores Sérgio Queiroz e Saulo Ribeiro decidiram, inicialmente, junto com as nove famílias, após um período de oração, alugarem um salão de um hotel em Brasília para realizarem o primeiro culto da nova igreja.

“O que era apenas um período de trabalho em Brasília para aproveitar a experiência da Fundação Cidade Viva acabou se transformando, na prática, em abertura de uma igreja”, conta o pastor Saulo Ribeiro, que recebeu a missão de liderar essa décima unidade da Cidade Viva, em Brasília.

“Inicialmente, montamos um grupo pequeno de nove famílias para orarmos uns pelos outros. Esse grupo era formado por ex-integrantes da Cidade Viva na Paraíba, que tiveram de mudar para Brasília, por questões de trabalho e que estavam sem igreja. Contudo, o pontapé inicial de criar a igreja foi, após um período de oração, decidimos alugar um salão de hotel em Brasília, aos domingos, para realizarmos os cultos semanais. Durante a semana, fazemos as reuniões dos grupos pequenos. Após abertura dos cultos no salão de um hotel, outros amigos dos integrantes que enfrentavam problemas, também do Nordeste, foram convidados e passaram a frequentar os cultos semanais e logo se integraram. Somos, hoje, na Cidade Viva Brasília, quase 90 pessoas entre adultos, jovens e crianças”, revelou o pastor Saulo, acrescentando que já foram criados, nesse período ainda restrito de pandemia, três grupos pequenos, as chamadas conexões semanais, sendo duas de casais e uma de jovens, além do ministério de Louvor, de Integração e de Crianças.

MISSÃO E VISÃO DA CIDADE VIVA – A Igreja Batista do Bessamar passou a ser chamada Cidade Viva, em 2004, com a criação do Projeto Cidade Viva e da Fundação Cidade Viva. O projeto é fruto de um trabalho árduo de centenas de voluntários dedicados e que amam a missão e a visão dessa instituição. A Cidade Viva nasceu para a glória de Deus e para o bem das pessoas. A missão da Cidade Viva é “conduzir pessoas a um relacionamento autêntico com Jesus Cristo, para que vivam com dignidade e sejam frutíferas no mundo”, enquanto a sua visão é “de ser uma comunidade capaz de influenciar João Pessoa, a Paraíba, o Brasil e o mundo a viverem o cristianismo bíblico de maneira relevante em seus contextos sócio-culturais, para a glória de Deus e para a alegria da humanidade”.

DEZ UNIDADES DA CIDADE VIVA – A Cidade Viva Brasília, no Distrito Federal, é a décima unidade do Projeto Cidade Viva, sendo a primeira plantada fora do Estado da Paraíba. Atualmente, as dez unidades estão distribuídas pelas cidades de João Pessoa (três), Conde (duas), Campina Grande (duas), Sapé/Cruz do Espírito Santo (duas) e a de Brasília (DF).

AS DEZ UNIDADES DA CIDADE VIVA:

Cidade Viva Aeroclube (município de João Pessoa)

Cidade Viva Capela (BR 101 – município do Conde);

Cidade Viva Campina Grande (Bairro Jardim Paulistano);

Cidade Viva Campina Grande II (Av. Brasília);

Cidade Viva Sapé/Cruz (Zona Rural de Sapé)

Cidade Viva Sapé Centro (Município de Sapé);

Cidade Viva Zona Sul (bairro Valentina em João Pessoa)

Cidade Viva Terras Belas (Comunidade do município do Conde).

Cidade Viva Altiplano (Bairro Altiplano de João Pessoa)

Cidade Viva Brasília (Brasília-DF)