Cícero acompanha em Paratibe vacinação contra a Covid-19 dos povos quilombolas

0
133

Integrantes dos grupos prioritários para a vacinação contra a Covid-19, os povos tradicionais quilombolas da Capital começaram a ser imunizados pela Prefeitura de João Pessoa nesta segunda-feira (26). O prefeito Cícero Lucena acompanhou de perto a vacinação em Paratibe, cuja campanha irá atingir cerca de 1.200 pessoas na faixa dos 18 aos 58 anos.

“Estamos cumprindo a nossa parte, que é de cuidar das pessoas, fazendo isso através do plano de imunização, que, hoje, permite a vacinação dos povos quilombolas. Isso é possível a partir do momento em que recebemos as vacinas, porque a prefeitura tem estrutura, planejamento e vontade de fazer”, disse o prefeito Cícero Lucena, que esteve acompanhado do vice Leo Bezerra e do secretário de Comunicação, Marcos Vinícius.

A vacinação acontece durante toda esta segunda-feira na Associação Beneficente das Comunidades Quilombolas dos Palmares. O vice presidente da entidade, Roberto da Silva Santos, definiu como um dia histórico para a comunidade. “Muito feliz de ver a campanha da prefeitura chegando até aqui, no nosso povo. O prefeito Cícero Lucena está de parabéns pelo empenho”, destacou.

Entre os moradores quilombolas, a primeira dose do imunizante, a Astrazeneca, foi recebida com misto de alegria, esperança e segurança. Nas palavras da dona de casa Crenilda Ramos, 54 anos, que nasceu e cresceu na comunidade localizada em Paratibe, o momento também se assemelha a própria história de resistência dos povos. “Somos um povo forte, que resiste às dificuldades, e essa vacina tem muito disso. Ela vem pra manter a gente viva e forte”, comemorou.

José Ramos dos Santos, 59 anos, todos vividos na comunidade, também celebrou o momento com uma referência a história dos povos quilombolas. Ele ressaltou a importância da participação do prefeito nesse momento, lembrando que a comunidade precisa desse contato com o poder público. “A gente se anima com a vinda do prefeito, porque mostra sensibilidade da parte dele com a nossa gente – historicamente esquecida. É um dia para a gente comemorar a vinda da vacina e o apoio da prefeitura”, afirmou.