Chamadas ilimitadas do Google Meet são prorrogadas até junho

0
79

O Google adiou mais uma vez a isenção de pagamento para realização de chamadas mais longas no Google Meet até junho de 2021. Lembrando que o benefício estava previsto para terminar em março de 2021. A ideia original era limitar o uso da ferramenta para reuniões de até 60 minutos, porém a empresa desistiu dessa exigência para ajudar as pessoas durante o isolamento social.

Em março do ano passado, o Google falou que os recursos premium do Hangouts, que depois virou o Meet, seriam gratuitos para todos os clientes do G Suite durante a pandemia da Covid-19. Dentre os benefícios estão a realização de reuniões com até 250 pessoas, streaming de vídeo e salvamento de gravações de chamadas no Drive.

Vale ressaltar que também será possível usar recursos como o desfoque de fundo, o layout mosaico com até 50 pessoas na tela simultaneamente, a transmissão de conferências pelo Chromecast e a integração com o cliente de e-mails na web e nos apps oficiais.

Também não haverá pausa na forma como os clientes fazem videochamadas com os produtos do Google. A prorrogação também atende aos anseios de professores e alunos de países como os Estados Unidos, que encerram as aulas na metade do ano para aproveitar as férias de verão.

No início da pandemia da Covid-19 a empresa anunciou que o Google Meet seria gratuito para contas pessoais do Gmail, incluindo reuniões com maior duração. Foi a maneira que a empresa acolheu para aproximar pessoas em um momento tão complicado e delicado.

Leia ainda: Embrapa apresenta projeto para aproximar agro da indústria de games