CEO do Twitter critica proposta de regulamentação das criptomoedas

0
52

Uma proposta de regulamentação das moedas digitais foi criada pelo órgão regulador FinCEN (Financial Crimes Enforcement Network), dos Estados Unidos

A nova regulamentação obrigaria certas empresas a coletar informações pessoais de ambas as partes envolvidas em transações de criptomoedas. 

Todas as transferências, e relações de compras e vendas entre duas pessoas seriam afetadas pela medida. Dentre as exigências, estão a coleta de nome e endereço físico dos usuários. 

Jack Dorsey, CEO do Twitter e da empresa de serviços financeiros Square, criticou a proposta. 

Jack Dorsey, CEO do Twitter

De acordo com o executivo, a nova proposta de regulamentação poderia fazer com que usuários de criptomoedas busquem serviços não regulamentados fora dos Estados Unidos ao invés de carteiras digitais americanas. 

“Criaria incentivos perversos para que clientes de criptomoedas evitem entidades regulamentadas”, disse Dorsey em carta publicada sobre a proposta.