Centro de Referência Municipal da Pessoa Idosa volta a funcionar presencialmente com 50% da capacidade

0
135

O Centro de Referência Municipal da Pessoa Idosa retoma a programação presencial com 50% da capacidade, atendendo aos protocolos estabelecidos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Vigilância Sanitária. No período anterior a pandemia havia cerca de mil inscritos, destes aproximadamente 300 já voltaram às atividades. As matrículas continuam abertas para pessoas a partir dos 60 anos de idade, desde que tenham concluído o ciclo vacinal contra Covid-19.

O monsenhor Ednaldo Araújo, coordenador do Centro, garante que quem fez inscrição antes do período da pandemia não precisa se preocupar, pois a matrícula continua ativa. “O Centro volta às atividades respeitando os protocolos de saúde no combate a disseminação e ao contágio do Coronavírus, como verificação da temperatura, uso do álcool em gel e da máscara individual de proteção”.

Os idosos que retornarem ao Centro vão encontrar uma nova estrutura. O prédio passou por uma reforma para melhorar o atendimento aos usuários. Segundo o monsenhor, o Centro continua sendo um lugar de acolhimento, gratuito, voltado para o desenvolvimento de políticas públicas para o idoso. Cuidados e princípios que se tornaram ainda mais presentes neste cenário de pandemia. “Nosso espaço busca atividades para garantir o envelhecimento saudável, calcado no tripé da saúde do corpo, da mente e da espiritualidade”.

De acordo com a programação, estão sendo oferecidas atividades de alongamento e aeróbica, aeróbica dançante, oficinas da memória, artesanato, avaliação nutricional, coral, Reiki, terapia alternativa e câmbio. As atividades são realizadas das 7h às 15h30, contando com acompanhamento de profissionais qualificados.

Na modalidade online continuam sendo oferecidos cursos de aeróbica e alongamento; aeróbica e cárdio; escuta psicológica; oficina da memória e nutrição.

Matrícula – Quem tiver interesse em se matricular basta ir ao Centro, localizado na Rua Ana Guedes Vasconcelos, S/N, no bairro do Altiplano, portando documento pessoal com foto (RG, carteira de habilitação ou de Trabalho) e comprovante de residência. O idoso deve levar também o cartão de vacinação comprovando que tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19, além do atestado médico cardiológico, garantindo que está apto a fazer atividades físicas.       
Mais informações sobre cursos, oficinas, atividades, inscrições e horários podem ser obtidas pelo telefone: 3214-8188. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h.