Ednaldo da Silva Almeida, de 63 anos, foi assassinado por cinco disparos de arma de fogo enquanto dormia.

A Polícia Civil realizou uma operação para esclarecer as causas de um homicídio ocorrido no último dia 29 de agosto deste ano, no bairro José Pinheiro, em Campina Grande. Na época, a vítima, identificada como Ednaldo da Silva Almeida, de 63 anos, foi assassinada por cinco disparos de arma de fogo enquanto dormia. A “Operação Revenge” foi realizada nessa última quarta-feira (4). 

De acordo com a Polícia Civil, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão expedidos pela 2° Vara do Tribunal do Júri de Campina Grande. As investigações constataram que Ednaldo da Silva Almeida, que trabalhava como catador de materiais recicláveis, foi assassinado por vingança.

Os criminosos que praticaram o crime acreditavam que a vítima havia matado, dias antes, um homem no bairro de José Pinheiro. Entretanto, ficou comprovado que o homem faleceu após uma queda acidental. 

Ainda segundo a polícia, dois suspeitos já foram identificados e novas ações deverão ocorrer para o fechamento das investigações e a identificação do último envolvido. Aparelhos celulares e estojos de munição foram apreendidos e encaminhados para serem submetidos a exames periciais no Instituto de Polícia Científica (IPC). 

A operação foi realizada por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Campina Grande (DHPP/CG) com o apoio de policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande (DRF/CG).