CASO VIVIANE: com balões brancos e cartazes, moradores de Boqueirão/PB pedem justiça após assassinato da estudante de 18 anos

0
75
Foto: Reprodução

Com balões brancos e cartazes pedindo justiça, um grupo de moradores da cidade de Boqueirão, no Cariri paraibano, realizou um protesto na noite desta terça-feira (20), após o assassinato da estudante Viviane Alves Farias, de 18 anos. O ex-namorado da vítima é apontado como o principal suspeito do crime, que aconteceu na última segunda (19).

Sob forte comoção, os moradores caminharam pelas ruas da cidade gritando por justiça e pedindo o fim da impunidade. Entre as palavras de ordem, gritos de “não é não!” e “uma por todas e todas por uma”. O grupo também aproveitou o cortejo para prestar homenagens à Viviane. Nas imagens gravadas por um seguidor do @blogdomarcirangel, os manifestantes fazem um círculo de oração e batem palmas.

Viviane Alves Farias, 18 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça durante uma discussão entre o atual e o ex-namorado, que não aceitava o fim do relacionamento. Segundo informações da Polícia Civil, quando a jovem tentou defender o namorado, o ex atirou na cabeça dela. A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após o crime, o suspeito tentou fugir, mas foi atropelado. No momento da prisão, houve tumulto porque moradores da cidade queriam agredi-lo. Ele continua preso pelo crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar.