Caso Adélio: Hoje faz 2 anos do atentando sofrido por Bolsonaro

0
102
Caso Adélio: Hoje faz 2 anos do atentando sofrido por Bolsonaro
Caso Adélio: Hoje faz 2 anos do atentando sofrido por Bolsonaro

Há exatos 2 anos, no dia 06 de setembro de 2018, o então Dep. Federal Jair Bolsonaro, candidato à presidência do Brasil, sofria um atentando na cidade de Juiz de Fora – Minas Gerais durante um comício.

Enquanto era carregado por uma grande multidão de apoiadores, Bolsonaro sofreu um golpe de faca na região do abdômen desferido por Adélio Bispo de Oliveira, militante da Extrema-Esquerda, ex-integrante do PSOL. O presidenciável foi levado às pressas para Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, onde foi constatado lesões no intestino delgado e em uma veia do abdômen que gerou uma forte hemorragia. Apesar da enorme gravidade dos ferimentos, o então deputado — atual presidente do país — conseguiu sobreviver. Ainda, em virtude do atentado, ele teve que passar por quatro cirurgias relacionadas aos danos causados.

O militante da Extrema-Esquerda foi preso em flagrante pela Polícia Federal. Após investigação, a Polícia concluiu que ele agiu sozinho, sem orientação de um mandante. Não obstante, algumas perguntas relacionadas ao ocorrido permanecem sem respostas, como: “Quem pagou os caríssimos advogados de Adélio?” E: “Quem registrou o seu nome na Câmara dos Deputados no dia do atentado?”

Enquanto isso, em junho de 2019, a prisão preventiva do ex-integrante do PSOL foi transformada em uma internação por tempo indeterminado na penitenciária federal de Campo Grande no Mato Grosso do Sul.