Casio anuncia primeiro smartwatch ´Wear OS´ na icónica formação G-Shock

0
140

Com rumores de um Apple Watch focado no desporto extremo no horizonte, a Casio e outros fabricantes de ´smartwatches´ de nomeada poderão em breve enfrentar muito mais competição. Mas no papel, pelo menos, o GSW-H1000 parece estar à altura do desafio. O seu ecrã de duas camadas inclui um monocromático e um painel de cores.

O GSW-H1000 vem com muitas das funcionalidades esperadas num smartwatch focado na aptidão física. Há um sensor de batimentos cardíacos óticos, e o software casio embutido suporta 15 atividades e 24 opções de treino interno.

O relógio suporta GPS e tem uma bússola incorporada, sensor de altitude, acelerómetro, e gyrometer. ´Wear OS´ significa que há suporte do Google Assistant e Google Fit, e poderemos descarregar aplicações a partir do Google Play. Em termos de hardware, o relógio tem um ecrã de 1.2 polegadas 360 x 360, de camadas duplas que combina um ecrã LCD , sempre ligado, monocromático, e com um painel LCD a cores.

A duração da bateria é avaliada em cerca de um dia e meio se estiver a usar o ecrã de cores, estendendo-se até um mês se utilizar apenas o relógio para cronometragem e sensores.

Uma carga completa leva cerca de três horas, de acordo com Casio. Assim, e resumindo, a Casio anuncia agora o primeiro smartwatch Wear OS na sua longa linha G-Shock: o GSW-H1000.  O relógio será vendido no retalho por $699 nos EUA (cerca de 595€) ou £599 no Reino Unido (cerca de 703€), sendo que em alguns mercados europeus é apontado para os 699€, e estará disponível em vermelho, azul ou preto.

Com resistência ao choque e resistência à água até uma profundidade de 200 metros, a Casio diz que o GSW-H1000 é um wearable focado na aptidão e projetado para tudo, desde o surf até ao snowboard.

O relojoeiro tem vindo a lançar dispositivos utilizando o ´Smartwatch OS´ da Google desde 2016, quando lançou o Casio Smart Outdoor, alimentado por Android Wear. E esta é a primeira vez que o software da Google aparece num relógio G-Shock. O alinhamento G-Shock remonta à década de 1980, e os relógios têm a reputação de ser alguns dos mais desgastantes.

Fonte: TheVerge

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões