Comparativo: Chevrolet Onix 1.4 Advantage x Toyota Etios 1.3 X

Onix e Etios: ambos custam na casa dos R$ 53.000Quatro Rodas

Que me perdoem os automatizados, mas para muita gente o conforto de um câmbio automático é fundamental.

Isso ajuda a explicar por que, segundo a consultoria Jato Dynamics, mais da metade das vendas do Etios em 2017 foi de versões sem pedal da embreagem.

Até março deste ano, o hatch japonês era a única opção para quem fazia questão de um automático convencional por menos de R$ 54.000.

Agora, porém, a GM quer bater de frente nesse segmento com o novo Onix Advantage. A começar pelo preço: apenas R$ 910 separam o Etios X (R$ 53.440) do Onix (R$ 54.350).

Parece roda, mas não é: as calotas de 15 polegadas escurecidas são exclusivas da versão AdvantageQuatro Rodas

A disputa acirrada continua no pacote de equipamentos. Ambos dispõem de direção elétrica, ar-condicionado, travas, retrovisores e vidros dianteiros elétricos.

O Onix soma rádio e alarme perimétrico, mas o Etios 2019 ganhou controle de estabilidade (inexistente no rival) com assistente de partida em rampa. A novidade, no entanto, não resolve dois pontos importantes em que o Etios fica atrás do Onix.

O 1.3 16V da Toyota é moderno, mas seus 88 cv (98 cv com etanol) não superam os 98 cv (106 cv) do veterano 1.4 8V, que estreou no Brasil em 1994.

O Etios também perde quando o assunto é força: 12,5/13,1 mkgf contra 13/13,9 mkgf do GM. E o câmbio escolhido pela Toyota para equipar o Etios não ajuda o hatch.

A única mudança na traseira do Etios 2019 está nas lanternas, que ficaram levemente mais escurasQuatro Rodas

Por mais consolidada que seja – afinal, ela equipou a geração anterior do Corolla por seis anos –, a caixa de quatro marchas limita o motor 1.3.

O Onix conta com duas marchas extras e, de quebra, seletor para trocas sequenciais. E olha que ainda nem falamos da questão visual.

Gosto é algo pessoal, mas é bem mais fácil encontrar gente que acha o Onix bonito do que o Etios.

A Toyota vem se esforçando, com mudanças graduais por dentro e por fora para tornar seu hatch atraente. Mas seu design é mais conservador, especialmente em relação ao GM.

Veja também

  • Guia de ComprasGuia de Compras: 13 carros automáticos por até R$ 60.00022 fev 2018 – 16h02
  • TestesComparativo: Fiat Cronos 1.3 GSR x Chevrolet Prisma 1.4 LT AT9 abr 2018 – 13h04
  • Auto-serviçoAutodefesa: embreagem do Toyota Etios dura pouco, dizem donos15 nov 2017 – 19h11

A maior beleza do Etios talvez esteja no símbolo no centro da nova grade do radiador escurecida.

O Etios nasceu simples, mas desde a sua chegada ao mercado ele surpreende com um dos melhores acertos de suspensão e direção do segmento.

O conjunto firme na medida certa só não empolga mais por causa do câmbio.

A caixa tem trocas suaves e responde rápido ao acelerador. Mas o maior degrau entre as marchas faz com que, por diversas vezes, o Etios fique indeciso, especialmente em subidas íngremes, onde a primeira é muito curta e a segunda nem sempre permite que o motor tenha força suficiente.

O Onix tem rádio (com Bluetooth) de sérieQuatro Rodas

Essa limitação se repetiu na pista de testes. Por ser mais leve, o Etios tem relação peso/potência idêntica à do Onix, mas, mesmo assim, ficou atrás do Chevrolet em todos os testes.

O Onix foi 0,8 s mais rápido no 0 a 100 km/h e 0,7 s na retomada de 40 a 80 km/h, e freou 1,6 metro antes na prova de 120 km/h a 0 – favorecido também pelos pneus 1cm mais largos (185/65 R15, ante os 175/65 R14 do Etios).

O líder do mercado também foi um pouco mais silencioso nas medições em ponto-morto e em primeira na rotação máxima.

O Etios não tem rádio e seu interior é simples, mas bem montadoQuatro Rodas

A suspensão mais macia do Onix agrada no dia a dia, e o moderno câmbio de seis marchas faz milagres ao manter o 1.4 8V sempre aceso: basta uma pisada no acelerador para o conjunto responder rapidamente à solicitação.

A contrapartida do Toyota está em um quesito que impacta direto no bolso do motorista: o gasto com gasolina.

O Etios superou o Onix nos ciclos de consumo na cidade e estrada.

Obtivemos ótimos 13,4 km/l e 16,2 km/l com o Toyota, enquanto o Chevrolet não passou dos 12,9 km/l e 15,9 km/l no circuito urbano e rodoviário, respectivamente.

Os dois têm porta-malas com abertura elétrica, mas o Etios adiciona um prático botão na tampaQuatro Rodas

O Etios também trata melhor o bolso de seu dono no custo de revisões e cesta de peças – neste último quesito a diferença é de R$ 1.088.

O Onix só é mais barato de segurar, com uma apólice calculada pela Tex/Teleport de R$ 3.105, enquanto o orçamento do Etios foi de R$ 4.193.

O Onix é um pouco mais espaçoso que o Etios, tanto para quem vai no banco traseiro, quanto para as bagagens.

Vidros elétricos apenas para quem sentar na frente no OnixQuatro Rodas

O plástico rígido compõe o interior de ambas as cabines, mas a montagem do Etios é mais bem cuidada e seu painel digital customizável tem mais recursos.

O Toyota é o único a ter cinto de três pontos retrátil e encosto de cabeça para todos os ocupantes, além do já citado controle de estabilidade.

O ESP de série no Etios é exclusivo no segmentoQuatro Rodas

É verdade que a Chevrolet finalmente passou a dar atenção ao aspecto da segurança do Onix, adotando reforços estruturais e Isofix nos modelos feitos a partir de 15 de janeiro deste ano, para melhorar a nota do modelo de zero para três estrelas no teste do Latin NCAP. Porém, com o ESP de série, o Etios é capaz de evitar um acidente.

Mesmo sendo levemente mais lento, mais caro de segurar e com um câmbio inferior, o Toyota é um carro mais prazeroso de guiar e transmite uma maior sensação de qualidade, com o bônus da credibilidade que todo Toyota tem no Brasil.

Apliques em preto brilhante nos retrovisores e na coluna B identificam a versão Advantage do ChevroletQuatro Rodas

Mas a vitória do Etios foi selada com a oferta do ESP, item cada vez mais importante que, por enquanto, não é oferecido em nenhum carro compacto fabricado pela GM no Brasil.

Veredicto

O Etios compensa seu câmbio inferior com um rodar mais confortável e a segurança do controle de estabilidade.

Teste de pista (com gasolina)

Onix Advantage Etios X
Aceleração de 0 a 100 km/h 13,2 s 14 s
Aceleração de 0 a 1000 m 35 s – 146,3 km/h 35,4 s – 144,4 km/h
Retomada de 40 a 80 km/h 5,7 s 6,4 s
Retomada de 60 a 100 km/h 7,6 s 7,9 s
Retomada de 80 a 120 km/h 10,1 s 11,4 s
Frenagens de 60 / 80 / 120 km/h a 0 16,9/29/66,6 m 17,2/29,9/68,2 m
Consumo urbano 12,9 km/l 13,4 km/l
Consumo rodoviário 15,9 km/l 16,2 km/l

FICHA TÉCNICA

Onix Advantage Etios X
Preço R$ 54.350 R$ 53.440
Motor flex, diant., transv., quatro cilindros, 1.389 cm³, 8V, 106/98 cv a 6.000 rpm, 13,9/13
mkgf a 4.800 rpm
flex., diant., transv., quatro cilindros, 1.329 cm³, 16V, 98/88 cv a 5.600 rpm, 13,1/12,5 mkgf a 4.000 rpm
Câmbio automático, 6 marchas,
tração dianteira
automatizado, 4 marchas,
tração dianteira
Suspensão McPherson (diant.) e eixo de torção (tras.) McPherson (diant.) e eixo
de torção (tras.)
Freios disco ventilado (diant.) e tambor (tras.) disco ventilado (diant.) e
tambor (tras.)
Direção elétrica, diâmetro de giro 10,3 m elétrica, diâmetro de giro 9,6 m
Rodas e pneus aço, 185/65 R15 175/65 R14
Dimensões comprimento, 393,3 cm; largura, 170,5 cm; altura, 147,6 cm; entre-
-eixos, 252,8 cm; peso, 1.067 kg; tanque, 54 l; porta-malas, 280 l
comprimento, 388,4 cm; largura, 169,5 cm; altura,
151 cm; entre-eixos, 246 cm; peso, 955 kg; tanque, 45 l; porta-malas, 270 l
Seguro – perfil QUATRO RODAS R$ 3.105 R$ 4.193
Revisões R$ 3.054 R$ 2.833
Peças R$ 4.176 R$ 2.754

 

amei