Cardiologista orienta sobre prevenção a problemas cardiovasculares

0
44

As doenças cardiovasculares atingem o coração e os vasos sanguíneos, provocando graves complicações à saúde como infarto, insuficiência cardíaca, arritmias, AVC ou outros tipos de alterações na circulação de sangue. Para se prevenir contra essas patologias, é importante aderir a hábitos saudáveis em sua rotina, conforme orientam os especialistas na área. Nesta quarta-feira (14) é comemorado o Dia Nacional do Cardiologista.

De acordo com Fúlvio Petrucci, cardiologista do Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI), a prevenção deve começar ainda na juventude. “A prevalência de doenças cardiovasculares está cada vez mais frequente em pessoas de faixas etárias mais jovens, em especial nos homens entre 40 e 50 anos. A mulher tem uma prevalência menor, em virtude dos hormônios femininos”, explicou.

Ainda segundo o cardiologista, uma prevenção eficaz acontece por meio de medidas comportamentais. “Ou seja, mudança de estilo de vida, que é difícil para qualquer pessoa, mas é necessário. É importante ter uma alimentação saudável, valorizando frutas, legumes e verduras e evitando carboidratos e gordura saturada”, afirmou.

O médico destacou o uso do cigarro e a ingestão de bebida alcoólica como hábitos de risco para problemas cardiovasculares. Ele aponta, ainda, a importância da prática de atividades físicas na prevenção. “Evita a obesidade que é uma doença considerada inflamatória e tem uma série de repercussões no organismo, especialmente alterações de colesterol e triglicerídeos, alterações da glicose e alterações de diabetes”, disse.

“Atualmente, os fatores que fazem indivíduos mais jovens serem cada vez mais afetados é o novo estilo de vida de um mundo moderno, pois trabalham muito, com alto nível de estresse para cumprir metas cada vez mais desafiadoras e menos tempo para atividade física e para se alimentar. Tudo isso se reflete em sobrepeso, aumento de diabetes, aumento de hipertensão e outros problemas”, completou.

Para os pacientes que já possuem algum problema cardiovascular é importante ficar atento à medicação adequada. “Nesses pacientes a gente tem que ser mais agressivo no ponto de vista medicamentoso. Pacientes que tiveram infarto ou AVC precisam ter pressão arterial controlada e colesterol LDL, que é o mau colesterol, em níveis muito baixos, por meio não só da dieta, mas também por meio da medicação, que é uma arma muito importante no controle desses pacientes”, explicou.

Serviço – Em João Pessoa, a Rede Municipal de Saúde disponibiliza a especialidade de cardiologia no Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI) e nas policlínicas municipais. A unidade hospitalar possui serviço especializado em cardiologia, atendendo urgências cardiológicas, encaminhadas pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

Para ter acesso aos especialistas nas policlínicas, o usuário deve procurar primeiro o médico de sua Unidade de Saúde da Família (USF) de referência, que o encaminhamento para a consulta especializada.

Dia do Cardiologista – O Dia Nacional do Cardiologista foi criado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em 2007 com a finalidade de valorizar a especialidade junto à sociedade e lembrar sobre as recomendações dos profissionais sobre a importância dos hábitos de vida saudável para o coração e para saúde como um todo. Também foi no dia 14 de agosto de 1943, que foi fundada a SBC.