Calendário INSS: Pagamentos iniciam nesta semana; Saiba quando irá receber

0
177
Calendário INSS: Pagamentos iniciam nesta semana; Saiba quando irá receber
Calendário INSS: Pagamentos iniciam nesta semana; Saiba quando irá receber

O calendário de pagamento do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) continua as operações normalmente. A partir desta quarta-feira, dia 25 de março, mais uma rodada de liberação de benefícios será garantida aos segurados.

Com base no novo salário mínimo nacional, os depósitos serão feitos em acordo com o calendário INSS 2020. Portanto, quem ganha um salário mínimo receberá primeiro.

Os pagamentos também são organizados de acordo com o número final do benefício do segurado, que é o Número de Identificação Social (NIS).

Calendário INSS 2020

Para este ano, o calendário INSS está sendo aplicado da seguinte forma:

Calendário INSS 2020

Para quem recebe benefícios com valor de até um salário mínimo os depósitos aconteceram entre os dias 25 de março e 7 de abril. Já os segurados que têm rendas acima do piso nacional, estes começarão a receber no dia 1 de abril.

Saques do benefícios

Os saques dos benefícios do INSS podem ser feitos em casas lotéricas, caixas eletrônicos da Caixa ou agências do banco.

Em lotéricas, para sacar até R$ 100, basta apresentar o CPF e o documento de identificação. Saques superiores a R$ 100 são feitos mediante apresentação do Cartão Cidadão e a senha ou o documento de identificação e a Senha Cidadão.

Por conta da pandemia do coronavírus, o mais recomendado é utilizar a ferramenta de saque digital, a fim de evitar sair de casa e enfrentar situações de aglomeração.

Para utilizar essa funcionalidade, basta que o segurado baixe o aplicativo do banco em que recebe a pensão ou aposentadoria.

Saques presenciais

Para saques presenciais, em uma das unidades da Caixa Econômica, o segurado deve apresentar os seguintes documentos:

  • CPF
  • Documento oficial de identidade com foto (RG ou similar, como CNH)
  • Cartão Cidadão e Senha Cidadão
  • Carteira de trabalho

Os valores estarão disponíveis para todos os trabalhadores por até 60 dias. Caso o dinheiro não seja retirado, voltará para o fundo. Se isso acontecer, poderá ser liberado novamente com explicação sobre o não recebimento.

Vale salientar, ainda, que já está em vigor o pagamento do mínimo de R$ 1.045. Segundo a legislação previdenciária, aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte pagas pelo INSS não podem ser inferiores ao mínimo.

Confira também: INSS libera cronograma de pagamento do 13º dos aposentados; Confira!

Deixe uma resposta