Caixa libera auxílio emergencial de R$ 300 e R$ 600 para novos aprovados nesta quarta, 6

0
77

A Caixa Econômica Federal liberou nesta quarta-feira, 6, o saque ou transferência bancária do auxílio emergencial para beneficiários nascidos em abril. As liberações seguem a ordem dos meses de nascimento e continuarão sendo feitas até o fim de janeiro.

Nesse último grupo de aprovados, os valores e o número de parcelas variam conforme a situação de cada um. Aqueles que tiveram seu cadastro realizado em novembro, por exemplo, receberam cinco parcelas de R$ 600 em um só pagamento.

Já para aqueles que contestaram no período entre 14 e 23 de novembro, foi distribuída uma parcela de R$ 300. Por fim, quem recebeu o auxílio em julho e teve seu benefício bloqueado, recebeu uma parcela de R$ 300.

Todos os que se encaixam nesses casos tiveram seu último pagamento creditado em 29 de dezembro. Na última segunda-feira, os nascidos em março puderam realizar saques e transferências.

Calendário de pagamentos do auxílio emergencial

O último calendário de liberação do benefício até o momento foi o seguinte:

Mês de nascimento Data de pagamento Janeiro 13 de dezembro Fevereiro 13 de dezembro Março 14 de dezembro Abril 16 de dezembro Maio 17 de dezembro Junho 18 de dezembro Julho 20 de dezembro Agosto 20 de dezembro Setembro 21 de dezembro Outubro 23 de dezembro Novembro 28 de dezembro Dezembro 29 de dezembro

Saque e transferência do auxílio emergencial

Por sua vez, o calendário de liberação dos saques e transferências do valor do benefício está seguindo as datas abaixo:

Mês de nascimento Saques e transferências Janeiro 19 de dezembro Fevereiro 19 de dezembro Março 4 de janeiro Abril 6 de janeiro Maio 11 de janeiro Junho 13 de janeiro Julho 15 de janeiro Agosto 18 de janeiro Setembro 20 de janeiro Outubro 22 de janeiro Novembro 25 de janeiro Dezembro 27 de janeiro

Novas datas confirmadas em 2021

Embora as datas de pagamento do auxílio emergencial tenham chegado ao fim em 2020, a liberação de dez novos saques está programada para o mês de janeiro. Contudo, essas operações serão autorizadas somente para aqueles que já receberam o benefício, mas ainda não podem movimentar o dinheiro.

Em alguns casos, como em casos de contestação, o beneficiário poderá movimentar o dinheiro de dois meses de uma só vez. Segundo o banco estatal, o objetivo é imprimir mais rapidez ao acesso ao valor em espécie.

O auxílio emergencial foi pago em 6 ciclos. A princípio, o valor foi creditado em uma poupança digital e ficou disponível para pagamentos via aplicativo Caixa Tem. Depois disso, o dinheiro pôde ser sacado ou transferido.

Leia mais: Auxílio emergencial 2021: Saque em dinheiro será liberado em mais 9 datas. Confira o calendário de pagamentos