Butantan produz nova vacina contra Covid e pedirá permissão para testes

0
130

O Instituto Butatan anunciou nesta sexta-feira, 26, que pedirá autorização à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para testar sua nova candidata à vacina contra Covid-19. Se o imunizante funcionar, o órgão ficará responsável por 85% do fornecimento do país.

Os testes da chamada Butanvac podem ser finalizados em apenas três meses, com possibilidade de produção de 40 milhões de doses até antes do fim do ano, afirmou o diretor do Butantan, Dimas Covas.

“Fizemos todos os enfrentamentos desde abril do ano passado para colocar a vacina no braço dos brasileiros. E hoje temos a oportunidade de apresentar uma nova vacina. Esperamos poder oferecê-la a partir de julho. A Butanvac é uma resposta aos negacionistas”, disse o governador paulista, João Doria (PSDB), promotor da Coronavac.

O objetivo dos testes solicitados com 1.800 voluntários é determinar a segurança e capacidade de promover resposta imune, procedimento que compõe as fases 1 e 2 de testes de imunizantes. Na fase 3, a eficácia da vacina será testada com até 9 mil indivíduos.

Pelo menos sete outras candidatas a vacina estão em fase de testes no Brasil, mas nenhuma delas chegou na etapa de ensaios clínicos até o momento.

Leia mais: Governo assina contratos para receber 138 milhões de doses de vacinas da Pfizer e Janssen