‘Bonitinho, mas ordinário’: cachorro viraliza com placa divertida em MG

‘Bonitinho, mas ordinário’: placa de aviso sobre cão bravo em Uberaba viralizou nas redes sociais — Foto: Tamíris Borges/Arquivo Pessoal

Uma placa divertida com um aviso sobre um cão bravo em uma casa de Uberaba/MG viralizou na internet nos últimos dias pela criatividade. Na mensagem de alerta, os donos do cãozinho Zero escreveram que o bichinho “é bonitinho, mas é ordinário”. O sucesso do alerta nas redes sociais foi tamanho que o animal ganhou até o próprio perfil no Instagram.

Os responsáveis pela placa são a publicitária Tamíris Borges e o noivo dela, o designer de peças para motos Thiago de Morais. Tamíris contou que a ideia da placa, a princípio, era apenas de alertar sobre o comportamento de Zero, que tende a ser um pouco agressivo com desconhecidos.

“A plaquinha veio mesmo para avisar sobre o temperamento dele, porque ele é fofinho, é bonitinho, mas tem gente que ainda se arrisca a querer brincar com ele mesmo que ele demonstre que não quer muito contato”, explicou.

Na última semana, os donos compartilharam uma foto do portão com a placa em um grupo de uma rede social. Rapidamente, a postagem foi compartilhada por milhares de pessoas e se espalhou em diversas mídias.

“A ideia era que só as pessoas que passassem na rua vissem a placa e dessem uma risadinha, não a internet inteira! Estamos nos divertindo muito com essa história”, contou a tutora aos risos.

Com o sucesso inesperado do pet, a família atendeu pedidos de diversas pessoas e decidiu criar um perfil na rede social para compartilhar fotos e vídeos do dia a dia do Zero.

“O objetivo realmente é divertir o pessoal, para todo mundo poder conhecer ele um pouco mais. Mas se a gente conseguisse uma ‘publi’ ou ganhar um saquinho de ração de vez em quando, também seria legal”, brincou Tamiris.

A chegada de Zero à vida de Tamíris e Thiago ocorreu em dezembro de 2017, um dia após o Natal. A tutora conta que encontrou com o cãozinho por acaso, quando foi até uma loja de rações na cidade de Igarapava/SP, onde morava, para buscar doações para uma organização não-governamental (ONG) que cuida de animais.

“Lá, encontrei ele em uma gaiola suja, sozinho e com frio, cheio de feridas. Eu já tinha perdido minha outra cachorrinha 6 meses antes, então decidi pegar porque achamos que ele não ia sobreviver”, conta a publicitária.

Desde então, Zero se tornou uma parte fundamental da família, principalmente depois que Tamíris foi diagnosticada com um câncer no sistema linfático dois meses depois de adotar o animal.

“Por causa da quimioterapia, eu não podia ter contato físico com ele, então ele ficava muito tempo no quintal. Desde pequeno, ele teve contato com poucas pessoas, por isso achamos que ele tem essa dificuldade com pessoas que ele não conhece”, explica.

Tamíris e Thiago com o cachorro Zero, em Uberaba — Foto: Tamíris Borges/Arquivo Pessoal