Bolsonaro se manifesta sobre igrejas incendiadas no Chile e relembra discurso que fez na ONU

0
115

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, fez um breve comentário sobre os recentes acontecimentos no Chile, onde grupos de “manifestantes” incendiaram igrejas.

O Chefe de Estado relembrou o discurso que realizou na Assembleia Geral da Nações Unidas este ano, quando tratou sobre o preconceito sofrido por adeptos do cristianismo ao redor do mundo. O mandatário se referiu ao fato como “cristofobia” no ensejo.

Em seu perfil oficial no Twitter, o presidente comentou:

“Na ONU, denunciei a existência da grande perseguição aos cristãos ao redor do mundo: a cristofobia. – Hoje, igrejas foram incendiadas na capital do Chile por grupos de esquerda.”

Relacionado: Eduardo Bolsonaro sobre incêndios em igrejas no Chile: “O presidente está certo ao falar em Cristofobia. Alguma dúvida de quanto o comunismo odeia a fé Cristã?”

– Na ONU, denunciei a existência da grande perseguição aos cristãos ao redor do mundo: a cristofobia.– Hoje, igrejas foram incendiadas na capital do Chile por grupos de esquerda. pic.twitter.com/89ER7o2eky

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) October 20, 2020