Bolsonaro preenche ministérios com militares; governos anteriores preenchia com ex-terroristas e criminosos

0
78
Bolsonaro preenche ministérios com militares; governos anteriores preenchia com ex terroristas e criminosos
Bolsonaro preenche ministérios com militares; governos anteriores preenchia com ex terroristas e criminosos

A mais nova bravata da Esquerda é criticar o aumento de militares em cargos no Governo Bolsonaro. Segundo levantamento do Tribunal de Contas da União (TCU), o número de militares na ativa e reserva que ocupam vagas no Governo Federal aumentou em 122%. Figuras como Gleisi Hoffmann e o criminoso Lula pegaram carona nas palavras de Gilmar Mendes, ministro do STF, e intensificaram críticas em relação à presença de militares no Governo — sobretudo, no Ministério da Saúde.

Mas por que tanta preocupação? Os militares são pessoas altamente qualificadas, com alto grau de preparação e de elevado nível intelectual. Então, por que não ter militares no Governo? Nos Estados Unidos, por exemplo, uma boa parcela de seus grandes presidentes — incluindo George Washington e Dwight D. Eisenhower — foram militares. Então, por que tanto preconceito em ter um capitão na presidência? Por que tanto preconceito em ter militares nos ministérios? Sinceramente, eu não vi toda essa preocupação quando governos anteriores ocuparam essas mesmas vagas com criminosos ou quando tivemos uma ex-terrorista ocupando o cargo máximo da nação.

Nós vivemos um momento impar! Em administrações anteriores, éramos surpreendidos todos os dias com novos escândalos de corrupção chancelados pelo planalto: Mensalão, Petrolão e outros tantos esquemas de corrupção. Hoje? O máximo que vemos são desentendimentos entre o Governo e a Grande Mídia. Até algumas empresas estatais começaram a dar lucro. Que maravilha, né?

Dito tudo isso, é melhor ter militares no Governo do que ter criminosos e terroristas.

Artigo opinativo.

Deixe uma resposta