Bolsonaro libera R$ 19,8 bilhões em crédito para pagamento de benefícios

0
73

A lei que abre um crédito suplementar no valor de R$ 19,768 bilhões foi sancionada na última quinta-feira, 10, pelo presidente Jair Bolsonaro. O valor extra havia sido aprovado pelo Congresso Nacional desde 1º de junho como forma de recompor as despesas primárias retiradas na votação do projeto da Lei Orçamentária Anual de 2021.

O montante será usado no pagamento de benefícios previdenciários, seguro-desemprego, Benefício de Prestação Continuada (BPC), subsídio para agricultura sustentável, além de outros projetos.

Em abril, o presidente vetou a Lei Orçamentária Anual visando criar espaço no Orçamento da União para novas despesas sem previsão orçamentária. A manobra foi feita com base nas projeções do Ministério da Economia.

Leia mais: Saque-aniversário do FGTS paga juros e correção nesta semana; Entenda