Bolsonaro ironiza OMS: ‘Tá 7 a 0 para mim, não é 7 a 1 não’

0
81

Nesta quinta-feira (15), durante  sua tradicional live nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro ironizou as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) de combate à pandemia da covid-19. Ele disse  que “ainda não perdeu nenhuma”, disse o chefe do executivo ao afirmar que a OMS mudou de posição sobre o lockdown, passando a orientar que países europeus não realizar um novo confinamento.

“Tá 7 a 0 para mim, não é 7 a 1 não: ainda não perdi nenhuma. Alguns falam que eu chutei, mas é muito chute para dar certo. É uma questão de estudar, ir atrás, conversar com médicos, com embaixadores.”

Comentários recentes do enviado especial da Organização Mundial da Saúde (OMS) para lidar com a COVID-19 levantaram questões sobre a legitimidade dos lockdowns para impedir a disseminação da doença. À revista Veja, a OMS, disse que nunca advogou por lockdown nacional’. 

Deixe uma resposta