Bolsonaro concede passaporte diplomático para Edir Macedo e a esposa

0
35
Edir Macedo e Jair Bolsonaro  (Foto: Divulgação/Montagem)
Edir Macedo e Jair Bolsonaro; presidente deu passaporte diplomático para o líder da Universal e dono da Record
(Foto: Divulgação/Montagem)

O presidente Jair Bolsonaro concedeu passaporte diplomático para Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record, nesta segunda-feira (15).

Edir e sua esposa, Ester Bezerra, tiveram o “favor” atendido por Bolsonaro. “Por entender que, ao portar passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior”, diz a portaria assinada pelo ministro de Relações Exteriores Ernesto Araújo e publicada no Diário Oficial da União desta segunda.

Veja Também: Bolsonaro: Globo é superada por Record e SBT nos gastos do governo com publicidade

Após a repercussão da decisão do governo Bolsonaro, o Itamaraty, responsável por conceder o passaporte diplomático, divulgou uma nota sobre a renovação do documento do bispo da Universal.

“Este Ministério entende que, por ser líder da Igreja Universal do Reino de Deus, que beneficia, entre outras, comunidades brasileiras em dezenas de países, o requerente exerce atividade continuada de relevante interesse para o Brasil, que exige numerosas viagens ao exterior e justifica a emissão de passaportes diplomático em seu nome”, disse em nota.

Veja Também: Após 14 anos, Paulo Henrique Amorim deve deixar o Domingo Espetacular na Record

Edir Macedo foi um dos empresários que apoiaram Bolsonaro. Em meados de setembro, no auge da corrida presidencial, o líder religioso declarou apoio ao político do PSL.

Vale lembrar, no entanto, que o dono da Record já tem passaporte diplomático há anos, sendo concedido nos governos de Lula e Dilma Rousseff.

Veja as últimas noticias sobre TV & Fama