Bolsonaro afirma que “paga até R$ 1.000” de auxílio emergencial se dinheiro sair do salário de deputados

0
132
Bolsonaro afirma que “paga até R$ 1.000” de auxílio emergencial se dinheiro sair do salário de deputados
Bolsonaro afirma que “paga até R$ 1.000” de auxílio emergencial se dinheiro sair do salário de deputados

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira (09) que o auxílio emergencial terá continuado pelo governo federal, no entanto, terá algumas novas regras e o valor será menor. O intuito do governo é continuar ajudando as pessoas mais necessitadas e ajudar na retomado da economia após o prejuízo por conta da pandemia.

O Chefe de Estado reclamou de alguns parlamentares que estão querendo manter a quantia do beneficio em R$ 600, visto que as próximas parcelas serão provavelmente de R$ 300. O mandatário afirmou que, se o dinheiro vir a sair do salário dos parlamentares, ele aceita pagar até R$ 1.000.

“A ideia da equipe econômica, e minha também, é de duas parcelas de R$ 300. Tem parlamentar que quer R$ 600. Se tirar dos salários dos parlamentares, tudo bem, por mim eu pago até R$ 1.000”, disse o Chefe do Poder Executivo.

Leia também: Vergonha! Dono de relojoaria que ajudou garoto engraxate é enquadrado pelo Ministério Público

E prosseguiu:

“Não podemos deixar esse pessoal sem emprego e sem auxílio. Agora, auxílio tem limite”, disse o presidente. “Não tem possibilidade de a nossa dívida continuar crescendo dessa maneira”.

Com a informação: UOL