Bolsa Família paga de R$ 89 a R$ 372 hoje; Saiba quem pode receber

0
114

O Bolsa Família paga nesta quinta-feira, 28, o benefício de parte do grupo de beneficiários que estavam recebendo o auxílio emergencial até dezembro de 2020. Depois do fim das parcelas de R$ 600 e R$ 300, o governo federal retomou os pagamentos do programa social em janeiro.

O dinheiro é liberado de acordo com o último número do Número de Identificação Social (NIS) do contemplado. Na quarta-feira, 27, os pagamentos foram feitos para quem tem o NIS com final 8. Desde ontem, todos os beneficiários que fazem parte desse grupo podem sacar o valor.

O calendário do Bolsa Família começa sempre com o NIS final 1, e termina com o NIS final 0. Nesta quinta-feira, 28, o dinheiro será creditado das contas dos beneficiários com NIS final 9.

Calendário de pagamento

Confira a seguir o calendário de pagamento do Bolsa Família em janeiro de 2021:

  • NIS final 1: 18 de janeiro
  • NIS final 2: 19 de janeiro
  • NIS final 3: 20 de janeiro
  • NIS final 4: 21 de janeiro
  • NIS final 5: 22 de janeiro
  • NIS final 6: 25 de janeiro
  • NIS final 7: 26 de janeiro
  • NIS final 8: 27 de janeiro
  • NIS final 9: 28 de janeiro
  • NIS final 0: 29 de janeiro

O benefício é liberado somente nos dias úteis, mais precisamente nos dez últimos dias úteis de cada mês. Contudo, até o final do ano passado, o Bolsa Família foi substituído pelo auxílio emergencial, que pagava um valor maior.

Quanto recebe cada beneficiário?

O valor do benefício varia de acordo com a situação de cada família, mas tem valor mínimo de R$ 89 e máximo de R$ 372. Veja quem pode receber:

  • Renda mensal de até R$ 89 por pessoa (qualquer família);
  • Renda mensal de até R$ 178 por pessoa (somente famílias com gestantes, crianças ou adolescentes).

Depois de liberado, o dinheiro fica disponível para saque no prazo de 90 dias. O valor do benefício pode ser consultado no extrato de pagamento.

O programa Bolsa Família atualmente leva renda a 14 milhões de famílias em todo o Brasil. Cada família composta crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade pode acumular até 5 benefícios.

Caixa Tem

A Caixa Econômica Federal anunciou no fim do ano passado que deu início ao processo de migração dos pagamentos do benefício para a conta poupança social digital. Criada durante a pandemia para liberação do auxílio emergencial, a poupança pode ser movimentava por meio do aplicativo Caixa Tem.

Com o aplicativo, disponível para os sistemas iOS e Android, o cidadão pode realizar compras no cartão de débito virtual (com QR code), pagar contas, fazer transferências e sacar.

Em fevereiro, o banco estatal deve começar a abrir poupanças digitais para os beneficiários com o NIS final 3, 4 e 5. Já os cidadãos com o NIS final 1 e 2 e Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (GPTE) terão suas contas abertas em março.

Leia mais: Governo suspende revisões do Bolsa Família e do CadÚnico; Entenda!