Bill Gates afirma que errou na disputa de plataforma de smartphones

0
128
Bill Gates afirma que errou na disputa de plataforma de smartphones
Bill Gates afirma que errou na disputa de plataforma de smartphones

Quem não conhece Bill Gates? Considerado por muito um dos gênios do século. É um dos empreendedores de tecnologia de maior sucesso de todos os tempos além de uma das pessoas mais ricas do mundo. Sendo que ficou no no topo dos mais ricos do mundo por um bom tempo.

Mas enfim, apesar de ser muito bem sucedido, isso não significa que ele não tenha cometido alguns erros de carreira. E de acordo com o próprio fundador da Microsoft, que falou em um evento organizado pela Village Global, há um erro que ele ainda lamenta. Que foi ter permitido ao Google a oportunidade de lançar o Android.

Declaração

Discutindo como “o mundo do software, em particular para as plataformas, é o vencedor, leva todo o mercado”, disse Gates: “O maior erro de todos é o … o erro que eu cometi que fez com que a Microsoft não fosse o Android.”

“Ou seja, o Android é a plataforma telefônica padrão. Mas era uma coisa natural para a Microsoft vencer. ”

Apesar do erro, o fundador da tecnologia bilionária disse que a Microsoft ainda é “muito forte”, mas se não fosse por seu erro, seria “a empresa líder” em vez de “uma empresa líder”.

Para quem ficou confuso com algumas partes, irei tentar explicar. O que ele quis dizer foi que por ter deixado a oportunidade para a Google lançar uma sistema operacional alternativo ao da Apple, ele acabou perdendo a liderança.

Outras declarações

Mais cedo na conversa, o homem de 63 anos discutiu os sacrifícios que ele fez em relação ao seu equilíbrio entre trabalho e vida pessoal quando começou, o que incluía não “acreditar” nos finais de semana ou férias.

Desde então, Gates relaxou um pouco a sua mentalidade, revelando que, depois de atingir os 30 anos, ele “mal imaginava como eu havia feito aquilo”.

“Porque até então, um comportamento natural começou, e eu amava fins de semana”, disse ele.

Fonte

Veja também…

Deixe uma resposta