Bebê de um mês morre antes de transferência para leito de terapia intensiva; fila de UTI tem 88 crianças

Geovanna, de 1 mês, morreu pouco antes de ser transferida para UTI — Foto: Reprodução/Instagram

Uma bebê de 1 mês morreu antes da transferência para um leito de terapia intensiva, nesta terça-feira (24) em Jaboatão dos Guararapes/PE. A menina, que estava em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), aguardava há quatro dias por vaga em UTI.

Giovanna Amélia, de 1 mês e 17 dias, deu entrada na UPA na quinta-feira (19). “Ela tinha conseguido duas horas antes o leito de UTI. Foi quando ela estava esperando a ambulância que não resistiu”, disse a tia da menina, Lanna Luz. A menina teve uma parada cardiorrespiratória.

Na segunda-feira (23), um bebê de 11 meses morreu na emergência pediátrica do Hospital Barão de Lucena, no Recife, à espera de um leito de UTI. Segundo o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), nesta terça-feira (24) há 88 crianças e bebês aguardando um leito.

Também na segunda, o MPPE, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde da Capital, deu o prazo de cinco dias para a Secretaria Estadual de Saúde comprovar a lotação dos três médicos pediatras nomeados na última semana para atuar no Hospital Barão de Lucena.

O número de crianças e bebês esperando por leito de UTI no estado foi recebida pelo MPPE pelo governo de Pernambuco, nesta terça-feira (24).

Quando a lista foi disponibilizada pela Secretaria Estadual de Saúde para o MPPE, nesta segunda, 73 crianças e 15 bebês aguardavam por uma vaga de UTI. Com síndrome respiratória aguda grave, havia 62 crianças e 11 bebês. De acordo com o governo, o número pode variar de acordo com o horário do dia.