Bebê achado em caixa de papelão recebe alta e é encaminhado para adoção, em Campina Grande

0
76

O bebê encontrado na rua na terça-feira (6) recebeu alta do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), foi encaminhada para um abrigo e está disponível para adoção pela Justiça. A Polícia Civil investiga quem seria responsável pelo bebê.

  • Entenda o passo a passo do processo de adoção na Paraíba

A criança foi encontrada em uma caixa de papelão no bairro das Malvinas, ainda com cordão umbilical e suja de sangue, e encaminhada pelo Conselho Tutelar para o Isea. O menino está saudável e, segundo o Isea, pesa 3,2kg.

Ele permaneceu no hospital até a Vara da Infância decidir encaminha-lo para um abrigo, nesta quinta-feira (8). Segundo o juiz Perilo Lucena, da Vara da Infância e da Juventude de Campina Grande, o menino está já está disponível para a adoção.

Para adotar, os interessados devem estar registrados no Cadastro Nacional de Adoção (CNA). Além do cadastro, o processo de adoção conta com entrevista com uma equipe formada por psicólogos, assistentes sociais e pedagogos e um curso de preparação psicossocial e jurídica para adoção – que está acontecendo virtualmente devido a pandemia.

A Polícia Civil investiga a origem do bebê, mas até esta quinta-feira (8) nenhum familiar foi identificado.

Da Redação com G1