Beatriz Ferreira vence argentina e leva o único ouro do boxe brasileiro no Pan de Lima

0
70

Demorou, mas veio. Após três derrotas em finais nos Jogos Pan-Americanos de Lima, o Brasil finalmente sentiu o sabor do ouro no boxe ao conquistar o título da categoria até 60kg feminina com Beatriz Ferreira. Bia, como é conhecida a atleta, derrotou a argentina Dayana Erika Sanchez por pontos (10 a 9, 10 a 9 e 10 a 9 – 30 a 27 no total), quebrando um jejum de 12 anos do país na modalidade desde o ouro de Pedro Lima na Rio 2007. Mais cedo, Hebert Conceição perdeu para o cubano Arlen López Cardona na final da categoria até 75kg, ficando com a prata. Na quinta, Jucielen Romeu (57kg) e Keno Machado (81kg) também levaram a prata ao perderem suas respectivas decisões.

– Estou muito satisfeita e feliz por cumprir a missão que a mim foi dada. Não existe luta fácil nem difícil, o que existe são combates complicados. Acho que todos os combates que eu fiz aqui foram de nível. Conquistar esse ouro é conquistar barreiras e abrir o caminho para outras mulheres. O foco é o ouro olímpico, isso aqui é só um amistoso – disse Bia Ferreira após a premiação.

Bia derruba a rival duas vezes

Os primeiros 30 segundos de luta foram estudados. A brasileira foi quem acertou o primeiro jab, dando início a uma trocação. Após receber um golpe na orelha, Bia revidou com um cruzado, provocando Dayana Sanchez, que saiu com mais agressividade no ataque, aproveitando a sua maior envergadura nos segundos finais do round.

G1