Base unida? Deputado da PB fica com “ciúmes” dos privilégios de Cássio no governo Temer

Alguns membros do PMDB, na bancada federal, não ficaram satisfeitos com o fato senador Cássio Cunha Lima (PSDB), ter acompanhado uma comitiva de prefeitos paraibanos para o gabinete do ministro Bruno Araújo (PSDB).

Um deles foi o deputado Hugo Mota (PMDB), que criticou o tratamento dado pelos tucanos ao peemedebistas. De acordo com o parlamentar, o PMDB dá prestigio ao PSDB, enquanto o que recebe em troca é a parte de “dar a cara pro povo bater” e, para ele, isso precisa mudar.

Os peemedebistas em reuniões internas, relembraram o fato do tucano ter chegado a prever a queda do presidente Michel Temer em 15 dias, durante contato com investidores, fato publicado pela Coluna Painel da Folha de São Paulo.

Na audiência com o Ministério das Cidades, na última quarta-feira (24), estiveram presentes os prefeitos de Pedra Lavrada, Jarbas Melo (PSD); de Camalaú, Sandro Môco (PSDB); de São José do Sabugi, Domiciano Segundo (DEM) e do Riachão, Fábio Moura (PTB).

Na oportunidade os prefeitos apresentaram ao ministro Bruno Araújo pleitos de interesse dos seus municípios, principalmente nas áreas de habitação e infraestrutura urbana. Cássio solicitou ao ministro atenção especial nos programas construção de casas nas áreas, rural e urbana, visando diminuir o déficit habitacional existente na Paraíba.

O post Base unida? Deputado da PB fica com “ciúmes” dos privilégios de Cássio no governo Temer apareceu primeiro em Paraíba Já.