Auxílio emergencial: Saque da primeira parcela é liberado para nascidos em fevereiro nesta segunda, 03

0
93

Mais um grupo de beneficiários do auxílio emergencial já pode realizar saques e transferências da primeira parcela a partir desta segunda-feira, 03. Desta vez, serão contemplados os inscritos nascidos em fevereiro e que não fazem parte do Bolsa Família. Neste caso, os valores foram depositados na poupança social digital pela Caixa Econômica Federal em 09 de abril.

Os pagamentos referentes à primeira parcela do benefício para os inscritos no programa foram concluídos em 29 de abril. Já os saques e transferências tiveram início no dia seguinte, e seguem até 17 de maio. Para quem recebe o Bolsa Família, os pagamentos terminaram no dia 30 de abril. Vale ressaltar que, neste caso, não é necessário aguardar uma segunda data para saque.

Veja também:

  • Julgamento do STF que pode aumentar a rentabilidade do FGTS
  • Quais são os documentos para solicitar aposentadoria no INSS?

A segunda parcela do auxílio emergencial começará a ser paga no dia 16 de maio para os trabalhadores que não fazem parte do Bolsa Família. Para quem recebe o benefício social do governo federal, os pagamentos serão iniciados em 18 de maio.

Neste ano, tem direito ao benefício aqueles que receberam o auxílio em 2020 e continuam elegíveis conforme os novos critérios do programa. Quem ainda não sabe se tem direito às quatro parcelas do auxílio emergencial 2021, no valor médio de R$ 250, pode consultar a situação do benefício pelos sites da Caixa, Ministério da Cidadania e Dataprev.

Calendários auxílio emergencial 2021

Confira a seguir o calendário completo de pagamentos do auxílio emergencial 2021 para os inscritos no programa via aplicativo e site ou que fazem parte do CadÚnico:

Calendário Auxílio Emergencial 2021Fonte: Ministério da Cidadania

Para quem recebe o Bolsa Família, o auxílio emergencial será pago da mesma forma que o benefício regular, isto é, nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Veja todas as datas a seguir:

Calendário Auxílio Emergencial Bolsa Família 2021Fonte: Caixa Econômica Federal

Leia também: Trabalhadores informais terão nova ajuda financeira com fim do auxílio emergencial