Auxílio emergencial: Saiba o que é preciso para fazer um Pix do Caixa Tem

0
93

O governo federal termina nesta sexta-feira, 30, os repasses via conta poupança social da primeira parcela do auxílio emergencial. O calendário, que utiliza como ordem de pagamento o mês de aniversário do beneficiário, permite transferências do dinheiro por meio de Pix, DOC ou TED.

No entanto, a opção ficará disponível somente a partir de maio. O que acontece é que, assim como no ano passado, a Caixa Econômica Federal adotou a movimentação do auxílio emergencial em duas etapas:

  • a primeira para pagamento de boletos, compras pelo cartão de débito virtual e QR Code em maquininhas utilizando o Caixa Tem; e
  • a segunda fase para liberação, aproximadamente após um mês do crédito, para saques e transferências, incluindo envio de dinheiro pelo Pix.

As regras, no entanto, não se aplicam aos inscritos do Bolsa Família que recebem o auxílio emergencial. Isso porque eles podem sacar ou transferir o dinheiro na mesma data de depósito. É importante ressaltar que, diferentemente dos demais grupos de beneficiários, o cronograma de pagamento se baseia no dígito final do Número de Identificação Social (NIS).

Como explica a Caixa, o bloqueio de saque e transferências semanas após o depósito no Caixa Tem tem o intuito de evitar o contato físico e aglomerações diante do atual cenário pandêmico.

Calendário 1ª parcela do auxílio emergencial (público em geral)

Calendário Primeira Parcela Auxílio EmergencialFonte: Caixa Econômica Federal

Como fazer um Pix utilizando o Caixa Tem?

O primeiro passo para transferir o auxílio emergencial pelo Pix exige que o usuário cadastre uma chave no aplicativo Caixa Tem.

Lembrando que esta etapa pode ser realizada a qualquer momento, ao contrário da transferência e envio do dinheiro, permitida somente quando autorizada a data de saque da parcela.

A chave Pix pode ser tanto o CPF, número de celular, e-mail ou código aleatório gerado pelo sistema. A aba está disponível logo no menu inicial de opções da plataforma.

Leia ainda: Auxílio emergencial: Veja como antecipar o benefício pelo PagBank