Após ser criticado, Bolsonaro rebate e chama a Rede Globo de “covarde”

0
140
Após ser criticado, Bolsonaro rebate e chama a Rede Globo de “covarde”
Após ser criticado, Bolsonaro rebate e chama a Rede Globo de “covarde”

No último domingo (09), o presidente da República Jair Messias Bolsonaro, foi até as suas redes sociais para debater críticas contra o seu mandato realizado no último Jornal Nacional, da TV Globo, onde os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos o criticaram no tocando a pandemia.

Em seu perfil oficial no Twitter, o Chefe de Estado acusou a emissora de “celebrar” o triste número de 100 mil óbitos por decorrência do novo vírus, taxa atingida neste no último sábado (08).

“De forma covarde e desrespeitosa aos 100.000 brasileiros mortos, essa TV festejou essa data no dia de ontem, como uma verdadeira final da Copa do Mundo, culpando o Presidente da República por todos os óbitos” escreveu o mandatário

Na edição de sábado, o principal telejornal da emissora da família Marinho, antes de exibir os novos dados sobre a Covid-19 no Brasil, o programa iniciou com Bonner proferindo críticas ao Chefe do Poder Executivo. No ensejo, ele lembrou que a Constituição Federal é categórica ao declarar que o Estado tem a obrigação de garantir a saúde de sua população. Ademais, ele também relembrou frases ditas por Bolsonaro no decorrer do problema, como ter chamado a doença de “gripezinha”.

No domingo, Jair voltou a se defender e cutucar a Globo, afirmando que  “a desinformação mata mais até que o próprio vírus”.

E acrescentou:

“O tempo e a ciência nos mostrarão que o uso político da COVID por essa TV trouxe-nos mortes que poderiam ter sido evitadas”