Após colocar tornozeleira eletrônica, Flordelis faz live e diz que ‘volta por cima vai chegar’

0
38
Foto: Reprodução

Após se apresentar para colocação da tornozeleira eletrônica, a deputada Flordelis (PSD-RJ) fez uma live nas redes sociais. A parlamentar, os sete filhos e uma neta figuram como réus na morte do pastor Anderson do Carmo, assassinado em Niterói, em junho do ano passado.

Flordelis é acusada de ser a mandante do crime, mas não foi presa por ter imunidade parlamentar. Na transmissão ao vivo, ao comentar sobre sua situação a parlamentar afirmou que “a volta por cima vai chegar”.

“Eu queria dar uma satisfação a você. Continue me apoiando, quem está orando por mim, continue orando. Deus vai mudar o quadro e a situação”, afirmou a deputada, que cantou músicas evangélicas por cerca de 30 minutos. Nas imagens, não foi possível ver a tornozeleira eletrônica.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, a parlamentar recebeu as orientações necessárias e cumpriu todos os trâmites de praxe para o cumprimento da decisão judicial que determinou o uso do equipamento.

No dia 18 de setembro, a juíza Nearis dos Santos de Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, determinou que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) fosse monitorada por tornozeleira eletrônica e ficasse em recolhimento domiciliar das 23h às 6h. Este mês, o Comitê de Ética da Câmara começou a estudar um relatório que pode fazer com que ela perca o mandato de deputada.

Com Isto É