Após ato de Marcelo Adnet, Mario Frias eleva o tom e o detona: “ Não passa de uma criatura imunda”

0
111
Após ato de Marcelo Adnet, Mario Frias eleva o tom e o detona: “ Não passa de uma criatura imunda”
Após ato de Marcelo Adnet, Mario Frias eleva o tom e o detona: “ Não passa de uma criatura imunda”

O ator Mario Frias, atual Secretário Especial de Cultura do Governo Bolsonaro, elevou o tom com o comediante Marcelo Adnet após ele o imitar. Por meio de seus perfis na web, Frias rebateu as críticas do humorista assumidamente de esquerda.

O Assessor afirmou que Marcelo é “Garoto frouxo e sem futuro. Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula”.

Ademais, Mario chega a mencionar a atriz Dani Calabresa, ex-esposa de Adnet.

“Um palhaço decadente que se vende por qualquer tostão, trocando uma amizade verdadeira, um amor ou sua história por um saquinho de dinheiro e uma bajulada no seu ego infantil e incapaz de encarar a vida e suas responsabilidades morais”, continua. Em seguida, ele diz que Adnet é “um Judas que não respeitou nem a própria esposa traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter”

Leia também: Por causa de Bolsonaro, Rede Globo deixará de ganhar 400 milhões de reais — diz jornal

O conflito iniciou posteriormente a uma edição do programa “Sinta-se em casa”, na Globoplay. Nele, o comediante imita o quadro Arquivo Confidencial, do programa dominical de Fausto Silva, que trazia o presidente Jair Bolsonaro como o prestigiado da vez. Mario, imitado por Marcelo, por sua vez, seria uma das pessoas a falar a respeito do Chefe de Estado. A comédia baseada em uma campanha oficial do governo que está prestando homenagens à heróis nacionais.