Após 23 anos, Campinense volta a ser eliminado na primeira fase da Copa do Nordeste

Sem sequer entrar em campo neste meio de semana, o Campinense foi eliminado da Copa do Nordeste, faltando uma rodada para o fim da primeira fase. Com a vitória do Atlético de Alagoinhas diante do CRB, por 1 a 0, na noite da quinta-feira, a Raposa não tem mais como alcançar a pontuação do 4º colocado do Grupo A, por isso apenas cumpre tabela na última rodada, contra o Ceará. A última vez que a Raposa não avançou para a segunda fase da competição foi em 1999.

Para seguir sonhando com uma vaga na segunda fase do Nordestão, o Campinense precisava contar com um tropeço do Atlético de Alagoinhas, adversário direto na briga pelo G-4 do Grupo A, e que tinha uma partida a menos, válida pela rodada #2, contra o CRB. O confronto aconteceu na quinta-feira à noite, e tudo estava dando certo para o Rubro-Negro, mas, aos 40 minutos do segundo tempo, saiu o gol da vitória da equipe baiana, por 1 a 0, dando um banho de água fria nas pretensões da Raposa.

Com a vitória, o Atlético-BA chegou a 10 pontos e entrou no G-4, na 4ª colocação. Como o Campinense tem apenas seis pontos, e resta apenas um confronto, contra o Ceará, não há mais chances matemáticas para a Raposa conseguir a classificação.

A última vez que o Rubro-Negro não se classificou para a segunda fase da Copa do Nordeste foi em 1999, na primeira participação do clube na competição, quando ficou na 4ª e última colocação do Grupo B. Depois disso, o Campinense sempre que participou avançou de fase, e nesse meio de caminho conquistou um título em 2013 e foi vice-campeão em 2016.

Agora a Raposa volta todas as suas atenções apenas para o Campeonato Paraibano, onde enfrenta seu maior rival no próximo domingo, no Clássico dos Maiorais. O confronto diante do Treze acontece no Estádio Amigão, às 16h.

Fonte: Globo Esporte Paraíba

Foto: Ronaldo Oliveira / ASCOM Floresta EC