Aos 81 anos, irmã de Chico Buarque morre

0
87
A cantora Miúcha (Foto: Divulgação)
A cantora Miúcha (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira, 27 de dezembro, o Brasil e o mundo se despediram de mais uma voz marcante. A cantora Miúcha, de 81 anos, irmã do também cantor Chico Buarque, faleceu.

+Atriz global, Cláudia Abreu quebra o silêncio e fala sobre encontro que teve com o médium João de Deus

+Thammy Miranda mostra ansiedade para se tornar pai e revela possíveis nomes para o bebê

Miucha deixou suas marcas no mundo da arte. Conhecida e lembrada por sua interpretação da personagem Galinha no disco “Os Saltimbancos” e pelas interpretações das músicas “Pela Luz dos Olhos Teus” e “Minha Namorada”.

+Thaís Fersoza, esposa de Michel Teló, abre as portas de sua casa, mostra quarto de Theodoro e cama chama atenção

+Alok será papai? Atitude suspeita de Romana Novais leva internautas à acreditarem em uma suposta gravidez

Com mais de 40 anos de carreira, ela lutava contra um câncer no pulmão. Ela foi internada às pressas, mas sofreu uma parada respiratória. Artistas brasileiros, como Daniela Mercury, lamentaram a perda nas redes sociais.

 

Morre a cantora Miúcha, irmã de Chico Buarque (Foto: Reprodução)

CHICO BUARQUE E A NAMORADA ENCONTRAM COM PAPA FRANCISCO

O cantor e compositor Chico Buarque foi recebido na terça-feira, 11 de dezembro, pelo Papa Francisco, no Vaticano. O artista estava acompanhado da namorada, a advogada Carol Proner, do advogado argentino Roberto Carlés e da ativista e escritora italiana Grazia Tuzi.

O cantor aproveitou o momento para entregar ao pontífice um documento sobre o chamado lawfare, prática de manipulação do sistema jurídico para fins políticos.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, as páginas entregues ao líder católico afirmam que “não é exagero reconhecer que o ‘lawfare’ se transforma em um dos maiores perigos para a democracia no mundo e não apenas na América Latina”.

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril deste ano, aponta que o juiz federal Sergio Moro tenha agido neste sentido ao condenar o petista, a quem Chico Buarque costuma defender publicamente.

Os quatros agendaram o encontro. A foto do encontro foi compartilhada por uma das filhas de Chico no Instagram nesta quarta-feira, 12 de dezembro.