Aos 66 anos, Bruna Lombardi atribui sua beleza à “busca interior”

0
69
Aos 66 anos, Bruna Lombardi atribui sua beleza à “busca interior”
Aos 66 anos, Bruna Lombardi atribui sua beleza à “busca interior”

A atriz e escritora Bruna Lombardi, 66 anos, foi capa da revista “CARAS”, que circulou a partir de 21 de junho, numa reportagem com detalhes sobre sua viagem pela Ásia e revelações como a de que a felicidade profissional e em família é a sua fórmula de beleza. Intitulada “A fonte da juventude” de Bruna Lombardi, a reportagem destaca que a atriz quebra paradigmas do tempo e atribui sua beleza à busca interior. A natureza do continente oriental, de acordo com o texto, renovou as energias de Bruna Lombardi e realçou a beleza interior e exterior. “Ela desafia a lógica do tempo”, revelou a repórter Tamara Gaspar.

Bruna é, também, cineasta e expoente da Rede Felicidade, que sinaliza mensagens positivas em redes sociais. A reportagem afirma que o título de uma das grandes musas nacionais ainda hoje se encaixa com perfeição no perfil de Bruna. “O sorriso contagiante, a voz doce e calma e os atentos olhos azuis também parecem inabaláveis ao transcorrer dos anos”, informa “CARAS”. O segredo? Bruna é taxativa em sua resposta: “Beleza é energia e está ligada ao nosso interior. Gosto do contato com a natureza, sou grata pela vida, sempre tive uma busca espiritual e, acima de tudo, faço tudo com amor. Se você alimenta seu bem-estar, naturalmente, isso reflete de forma positiva em seu exterior”, diz, sempre incentivando outras mulheres a fugirem do lugar-comum.

Ainda é Bruna Lombardi quem afirma: “Temos que quebrar esses padrões que a sociedade impõe; afinal, toda mulher tem sua beleza. De que adianta estar toda arrumada, produzida e jogar lixo na rua, por exemplo?”. Na viagem à Ásia, a beldade cumpriu um roteiro que incluiu paradas em cidades de Mianmar, Camboja e Tailândia, e disse que é apaixonada por esses lugares distantes, inclusive, pela sua riqueza cultural imensa. “A Ásia, em geral, tem um comportamento de delicadeza, de respeito pela natureza e de valorização das coisas simples do dia a dia”, sublinhou. Casada com o ator e diretor Carlos Alberto Riccelli, Bruna Lombardi é mãe do também ator Kim Ricelli e se define como uma mulher empoderada, fiel defensora do meio ambiente e dos animais. Autora de vários livros, esteve em capitais do Nordeste como Recife, Natal e Fortaleza lançando publicações que têm prefácios de autores famosos como o cantor e compositor Chico Buarque de Holanda. Bruna deverá vir a João Pessoa, em data ainda não confirmada, para palestra sobre a Rede Felicidade e lançamento de livros.

Ela confirma que sempre esteve à frente do seu tempo. Conta que recentemente releu uma entrevista que concedeu quando tinha 20 anos e percebeu que as mesmas coisas que fala hoje sobre beleza, empoderamento, espiritualidade, já abordava naquela época. “Sempre tive muita coerência no que falo, penso e faço. Ao longo desses anos, a mudança foi apenas no sentido de criar ainda mais consciência sobre tudo isso e fortalecer as raízes desse pensamento. Acredito que essa constância me deu a credibilidade que tenho hoje”. Bruna vale-se da consciência e da credibilidade para protestar, por exemplo, contra tragédias como a de Brumadinho, em Minas Gerais. Ou para verberar contra a corrupção que campeia no país, apesar de inúmeras medidas que já foram adotadas. Afirma, categórica: “Há muitas coisas que me tiram do sério: injustiça, prepotência…”

Por

Deixe uma resposta