Análise do Oppo A91: Review ao novo smartphone da Oppo

0
109

A chinesa OPPO continua a abastecer as prateleiras das lojas com smartphones de qualidade e com um toque de pura elegância. O OPPO A91, com sistema operacional Android, é um dos produtos da marca reverenciada em todo o mundo por quem procura telemóveis bonitos e eficazes.

O OPPO A91 é um pouco sólido e, aquando do primeiro impacto para a sua mão, poderá senti-lo como um dispositivo pesado, mas logo ultrapassará essa primeira impressão.

A primeira impressão visual

A frente do A91 oferece aos nossos olhos um ecrã AMOLED de 6,4 polegadas, feito de Corning Gorilla Glass 5, com 2400 × 1080 e uma densidade de 408 PPI. Há uma lágrima cortada na parte superior central do visor que alberga a câmara de 16 MP.

No lado direito do aparelho, temos o botão ligar/desligar e na parte inferior os altifalantes que podemos considerar como satisfatórios. Eles são funcionais para chamadas em altifalante, mas não oferecem ao utilizador mais nada de especial. Ao lado deles está a porta USB-C, versão 2.0, que está habilitada para ter um carregamento rápido graças ao VOOC Flash Charge 3.0 da OPPO.

O VOOC 3.0 é capaz de carregar a bateria dos 0 aos 100% em apenas uma hora. Podemos também mencionar o conetor de áudio de 3,5 mm, um recurso que ultimamente tem sido esquecido pelos fabricantes de smartphones, mas que muitos consumidores ainda gostam.

No lado esquerdo, temos o botão de volume e acima dele está a ranhura para os cartões SIM e MicroSD. Só tem mesmo uma ranhura, onde os dois cartões devem ser colocados em conjunto, e a falta de uma segunda ranhura é um ponto negativo no Oppo A91, especialmente para quem quiser utilizar o smartphone também em trabalho.

A parte traseira do OPPO A91 é feita de um invólucro de plástico de polímero que recebeu um acabamento brilhante, quase como o de vidro. Precisamente por não ser realmente vidro, é muito fácil de marcar com impressões digitais ou manchas, tirando o brilho da apresentação, por isso deverá ter cuidado ou utilizar uma proteção, que é fornecida pela OPPO na embalagem do aparelho, tal como o carregador para o smartphone.

Dentro do OPPO A91

O OPPO A91 é alimentado por um chip Octa-core Mediatek MT6771V Helio P70 que também inclui um processador de GPU MP3 Mali-G72. Embora essa combinação não forneça um poder de outro planeta, é suficiente para garantir que o aparelho funcione perfeitamente em todas as aplicações.

Também temos no aparelho 8 GB de RAM, juntamente com 128 GB de armazenamento, que pode ser estendido via MicroSD, mas, dada a quantidade de armazenamento já disponível, não há necessidade de mais por causa do recurso de armazenamento em nuvem, mas é sempre uma opção em aberto.

O OPPO A91 vem equipado com uma bateria não removível de 4025mAh, poderosa o quanto baste para disponibilizar carga para todo o dia, desde que a utilização do aparelho seja moderada, obviamente. Se for necessário mais potência, a inclusão do carregador VOOC ajuda a aumentar a vida útil da bateria em pelo menos mais 50% em apenas meia hora de carregamento.

É importante mencionar que neste dispositivo não temos a opção de carregamento sem fio. Dado que houve um certo renascimento no carregamento sem fio nos últimos anos, pelo menos para aparelhos de ponta, com alguns dispositivos medianos também vindo a receber esse recurso, pode parecer uma desilusão a OPPO não nos oferecer essa possibilidade no A91. Mas, quer dizer, a empresa teve de cortar em algumas coisas para o preço do smartphone compensar o seu custo.

Câmaras

O smartphone tem um total de quatro câmaras traseiras: uma principal de 48 MP que é definida como uma câmara de grande angular de 119 graus, uma ultra grande angular de 8 MP, uma lente preto e branco de 2 MP e uma de profundidade de 2 MP.

Em cenários noturnos ou com pouca luz, infelizmente, essas câmaras têm um pequeno problema: fotografias tiradas com pouca luz, ou mesmo à noite, provocam um pouco de textura granulada na imagem final. Em situações de iluminação decente, as fotos parecem mais brilhantes do que o normal.

Na parte da frente, o OPPO A91 vem com uma única câmara de 16 MP com recursos integrados e aprimorados de inteligência artificial para garantir que as selfies sejam excelentes.

Há também nos modos de foto e vídeo, recursos semelhantes, como vários filtros de câmara e zoom de até x5, o que é bom, mas que no final provoca a perda de um pouco da cor e do volume originais. Por outro lado, está embutida a estabilização de vídeo que funciona corretamente, mas que, uma vez mais, poderia ser melhor.

No geral, as fotos tiradas com a câmara são ótimas no modo padrão, mas tentar usar o zoom 10X pode fazer com que os detalhes pareçam um pouco tortos e, consequentemente, pouco nítidos, não refletindo a vida real. Certamente, como já referimos, no modo noturno os detalhes das fotografias são bem menos nítidos e, podemos acrescentar, muito maus.

Sistema operacional

Como muitos outros dispositivos e tablets da OPPO, o smartphone A91 executa o Android 9.0 com a ColorsOS da OPPO (versão 6.1.). A ColorsOS tem vindo a tornar-se habitual para os consumidores de dispositivos da empresa chinesa, mas ainda tem muito a melhorar. No entanto, podemos dar o braço um pouco a torcer e admitir que esta sexta versão já apresenta bons desenvolvimentos que eram necessários.

Veredito: Oppo A91

O design do OPPO A91 é bonito e elegante, e a durabilidade da bateria é realmente surpreendente. O processador cumpre o trabalho, tal como o sistema operativo. Podemos utilizar qualquer aplicação à vontade, que o smartphone aguenta tudo.

O preço, que ronda os 250 euros, também é agradável para com os nossos bolsos, dado que a qualidade do aparelho é muito boa. No entanto, se você usar muitíssimas vezes um smartphone para tirar fotos, esqueça que o A91 não é para si. A qualidade das câmaras e das imagens resultantes são péssimas.

Trata-se de um bom trabalho da OPPO este aparelho. Entendemos que, por causa do baixo preço que cobra pelo mesmo, a empresa teve de cortar em muitas características que poderiam tornar o A91 ainda melhor. Por isso, se você não for muito de fotos nem de utilizar o seu smartphone principalmente para trabalho, o OPPO A91 é uma boa opção.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões