Americana deixa trabalho como pastora para fazer sucesso como stripper em site adulto

0
172
Nikole Mitchell
Nikole Mitchell Foto: Reprodução

A americana Nikole Mitchell cresceu no meio de uma família batista bastante conservadora. Nikole se tornou pastora, uma decisão vista pelos pais como “rebelde”.

“Cresci ouvindo que mulheres não tinham permissão para liderar e que o lugar delas era na cozinha e cuidando dos filhos”, contou ela, em reportagem do “Daily Styar”.

Anúncio

O que estava por trás da atividade de pastora era um forte desejo de se exibir para as pessoas, revelou a americana. Mas Nikole se manteve fiel aos princípios religiosos, casou-se e teve três filhos.

Nikole Mitchell
Nikole Mitchell Foto: Reprodução

Quatro anos atrás, ao assistir a um espetáculo com temática LGBT, a americana se descobriu bissexual, mas manteve em segredo. Em 2017, Nikole deu um sermão no tradicional 4 de julho, e nunca mais voltou à igreja. Ela postou um vídeo no YouTube em que expôs as descobertas sobre a sexualidade.

Em 2019, Nikole se divorciou e contratou uma consultoria sexual. Fez um ensaio erótico, que ela considerou um rito de passagem.

“Nunca me senti mais sagrada, sexy e liberada em toda a vida”, declarou.

O resultado final veio na transformação da pastora em stripper on-line. Nikole, aos 36 anos, agora ganha a vida se exibindo para outro rebanho: assinantes em um site adulto bem popular. Com sucesso.