Alunos e professores denunciam corte de árvores em campus da UFCG; instituição nega ocorrência

Imagens que circulam nas redes sociais revelam o corte de árvores que vem sendo feito no campus sede da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

A situação está gerando indignação e perguntas em torno das derrubadas. A UFCG, por sua vez, negou o corte das árvores em questionário feito pelo professor do curso de Antropologia, Márcio Caniello. Apesar da negação, registros mostram o oposto e têm ganhado compartilhamento entre alunos e docentes.

A prefeitura universitária chegou a informar, no documento, que não existe estudo de impacto ambiental para fazer esse tipo de manejo. Por outro lado, afirma que o serviço é pensado “primordialmente na infraestrutura dos prédios e edificações que estão próximos ao local, ou no raio de ação que as raízes/copa atingem, ou podem atingir, causando fissuras/trincas”.

Além disso, a resposta não cita se a universidade vai replantar outras árvores ou quais medidas serão adotadas diante do ocorrido.

O jornalista Yago Fernandes tentou contato com a prefeitura universitária, mas até o fechamento da matéria não obteve êxito.

Fonte: Yago Fernandes

Foto: Márcio Caniello