Alunos da Escola Municipal Frutuoso Barbosa participam de ação ambiental com técnicos da Semam, na Bica

0
67

Os estudantes da Escola Municipal Frutuoso Barbosa, na Ilha do Bispo, participaram, na manhã desta segunda-feira (18), das ações educativas, promovidas pelos técnicos do Centro de Estudos e Práticas Ambientais (Cepam) do Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica) e da Divisão de Estudos e Pesquisas (Diep) da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).  A ação faz parte do projeto ‘Escola Semente’, desenvolvido pela pasta.

Cobras, lagartos, gatos do mato e guaxinim são alguns dos animais  que compõem a fauna brasileira. Entender o quanto eles são importantes para a manutenção do equilíbrio da vida é um dos objetivos dos educadores ambientais da Semam.

Os técnicos trabalham com a apresentação de animais vivos e taxidermizados (empalhados), falando sobre a importância que cada um dos seres vivos tem para o equilíbrio da vida no planeta Terra. Os estudantes interagiram, se aproximando dos animais, passando a ter uma relação mais sustentável, consciente e crítica em relação ao meio ambiente, fortalecendo as práticas cidadãs.

“Nós temos um carinho imenso por esse projeto, porque ele envolve diversas ações que para nós são imprescindíveis, como o plantio de mudas de árvores e a educação ambiental. São duas ações que promovem a conscientização para a formação de futuros cidadãos, mais atentos com nosso patrimônio ambiental”, concluiu o secretário de Meio Ambiente, Abelardo Jurema Neto.

Para a gestora pedagógica da Escola, Tatiana Cristina Eugenio, “a ação é extremamente importante para nossa comunidade escolar porque é uma forma de aprendizado que envolve os estudantes, eles se sentem motivados e essa é, sem dúvida, uma das melhores maneiras de assimilar os conteúdos. O trabalho dos educadores ambientais da Semam é excelente!”, concluiu.

Também foi feito o plantio de mudas de árvores nativas na área da Escola Frutuoso Barbosa. O plantio e a produção das mudas são feitos pelos viveiristas do Viveiro Municipal de Plantas Nativas, que fica no Valentina Figueiredo, ao lado do Sesc Gravatá.