Alimentação para os dias quentes do verão

Quem não sente dor de cabeça na praia? Cansaço, fadiga, pode ser um dos pontos relacionados a má hidratação e a exposição excessiva ao sol, sendo capaz de causar também outros sintomas como tontura, fraqueza. A sede identificada, ou seja, quando você sente realmente a sede, já pode ser um pequeno sinal da desidratação, então não espere sentir sede para se hidratar. Uma boa estratégia é sempre andar com a garrafa de água, caso queira minimizar gastos. Dica: pôr no congelador um dia antes para congelar, e quando vai sair, leva-la, dessa forma, descongelará aos poucos e vai está bem hidratado.

Dicas importantes são essenciais para esse verão:

• Alimentos como as oleaginosas (castanhas, amendoim, nozes, semente de girassol..) atuam ajudando na fotoproteção citada anteriormente, por conter selênio e vitamina E.

• Salmão, sardinha e linhaça são fontes em ômega 3, melhoram a inflamação e consequentemente as manchas da pele por exposição solar.

• Beba bastante água ao dia (2,5 a 3,5 L)

• Sucos, chás e água de coco (moderadamente) são ótimos hidratantes com sabor, ricos em nutrientes (vitaminas e minerais) funcionam como antioxidante necessário para a proteção do organismo.

• Verduras e legumes devem compor a alimentação, além de pouco calórico é cheio de vitaminas e minerais. Alimentos que contenham luteína e zeaxantina, atuam como filtro para os raios ultravioletas, alimentos como couve, brócolis, ervilhas são fontes.

• Abuse das frutas ricas em vitamina C (limão, laranja, abacaxi, tangerina..) e betacaroteno, eles atuam como antioxidante, atuando no combate a danos causados pela excessiva formação de radicais livres, vindo da exposição ao sol. Mais alimentos? Mamão, goiaba, morango, melancia, abóbora, cenoura, tomate..

Depois de tanta dica maravilhosa e pratica, não tem como escolher não se cuidar né? Manter o corpo em forma e a saúde em equilíbrio.