Ainda vale a pena deixar dinheiro na conta do Nubank?

0
109

O Nubank já é uma das startups mais valiosas do mundo, segundo um ranking da consultoria CBS Insights. O banco ocupa hoje a sétima posição, sendo avaliado em US$ 30 bilhões. O sucesso da instituição se deve aos diversos produtos e serviços oferecidos aos usuários.

Um deles é a conta digital, que garante rendimento igual a 100% do CDI e liquidez diária. Tais características fazem milhões de brasileiros colocarem seus recursos na instituição. Apesar de a conta do Nubank render mais do que a caderneta de poupança, por exemplo, o serviço fica um pouco atrás em comparação ao prometido por outras fintechs. Entenda mais a seguir!

Sobre a conta do Nubank

Você já imaginou acertar 14 pontos com apenas 14 JOGOS na Lotofácil ?

Uma plataforma completa com inteligência artificial Que te GARANTE 14 e até 15 Pontos com apenas 14 Bilhetes.
Hoje você poderá se tornar um apostador PROFISSIONAL!

COMPRAR AGORA

ESTA OFERTA PODE SAIR DO AR A QUALQUER MOMENTO, APROVEITE!

Como dito acima, a conta do Nu conta com liquidez diária, que permite o cliente retirar seu dinheiro quando quiser, sem precisar pagar qualquer taxa por isso. Além desta modalidade, a startup oferece outras opções de aplicação, como em Recibos de Depósito Bancário (RDB), que garante o mesmo rendimento da conta, porém, o cliente só pode retirar o dinheiro após o vencimento do título, dentre 2, 3 ou até mais anos.

Quando aplicado em RDB, o dinheiro é misturado com o patrimônio do banco. Isso permite que a instituição empreste parte do montante para terceiros em troca de juros. Como forma de proteger os investimentos, a instituição conta com proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante ressarcimento de até R$ 250 mil em caso de crise financeira sistêmica.

Mas, afinal: ainda vale a pena deixar dinheiro na conta do Nubank?

Um dos principais motivos para não deixar o dinheiro aplicado na conta do Nubank é a falta de divisão de patrimônio com o investidor. Isso significa que, caso a empresa vá à falência, o cliente não consegue receber todos os recursos que investiu no banco. O FGC só garante cobertura de até R$ 250 mil por CPF.

Outro ponto que merece ser citado são as demais opções de rendimento oferecidas em outros bancos digitais, neste caso, mais vantajosas. Entre os exemplos, podemos citar o BTG Pactual, com rendimento de 100% do CDI, o Banco ABC, que garante 110% do CDI, e o Daycoval, na oferta de 110% do CDI. Além destes, em última atualização, o PicPay oferece lucro igual a 130% do CDI, valor acima do oferecido pelo Nubank.

Leia ainda: Cartão de crédito “com garantia” do Nubank: Bom negócio ou cilada?