Adolescente que matou mãe e irmão em Patos/PB deve cumprir medida socioeducativa por até 3 anos

Foto: Reprodução

O adolescente de 13 anos acusado de matar a mãe e o irmão, além de deixar o pai gravemente ferido, na cidade de Patos está internado provisoriamente no Centro Socioeducativo de Sousa, onde deve ficar por 45 dias.

Segundo o delegado Renato Leite, responsável pelo caso, a investigação já está em fase conclusiva e a remessa do procedimento irá para o Poder Judiciário e o Ministério Público da Paraíba (MPPB).

Como menor de idade, ele não poderá ser processado ou punido por qualquer crime previsto pelo Código Penal Brasileiro, já que, segundo a lei, os menores de 18 anos são incapazes de compreender os delitos que estão praticando.

“O pai, que é sargento, saiu do local do crime consciente do que aconteceu, mas o estado de saúde dele é bem difícil, embora estável. O que diz a lei é que o adolescente vai ser submetido a medidas socioeducativas, podendo ficar internado por um prazo de até 3 anos”, disse o delegado..

O crime ocorreu na tarde do último sábado (19). Em depoimento à Polícia Civil, o menor confessou o crime e revelou que cobrança por boas notas na escola e jogos virtuais seriam motivos do crime. 

Os corpos da mãe e do filho caçula mortos pelo mais velho foram sepultados no domingo (20), em Patos. O sepultamento aconteceu sob forte comoção no Memorial Jardim da Paz Cemitério Parque.

de ClickPB