Acusado de matar taxista Paulo Damião é julgado nesta quarta

Foto: Reprodução

A Justiça da Paraíba julga, nesta quarta-feira (23), o corretor de imóveis Gustavo Teixeira Correia, réu no caso do assassinato do taxista Paulo Damião dos Santos, de 42 anos. O crime aconteceu em 15 de fevereiro de 2019, no bairro do Bessa, em João Pessoa. O veredito pela condenação ou absolvição de Gustavo Teixeira será por avaliação de júri popular. O julgamento acontece a partir das 9h, com transmissão ao vivo pelo canal do Tribunal de Justiça da Paraíba no YouTube.

Segundo as investigações, Gustavo Teixeira havia consumido bebidas alcoólicas no dia do crime. Ele voltava para casa em um veículo de transporte por aplicativo. No bairro do Bessa, já próximo ao seu destino, ele se irritou com a suposta demora do taxista em realizar uma manobra. Gustavo desceu do carro e atirou seis vezes contra Paulo Damião. Em seguida, fugiu a pé para casa. A Polícia Militar cercou a área e prendeu o homem em flagrante.

“Os nossos argumentos e da Promotoria do 2º Tribunal do Júri são baseados nos fatos, no vídeo. A imagem é muito forte e os qualificadores estão bem delineados. O réu agiu por motivação fútil e impossibilitou qualquer tipo de defesa à vítima. Esses qualificadores tornam esse homicídio um crime hediondo. Esperamos uma condenação justa, severa, em resposta àquele ato vil que o senhor Gustavo praticou em desfavor de Damião, destruindo a vida de toda a família da vítima”, disse.

Além do homicídio, Gustavo Teixeira responde por porte ilegal de arma de fogo. A arma do crime nunca foi encontrada. No entanto, além do vídeo do assassinato do taxista Paulo Damião, os autos apontam que o réu exibia fotos com armas nas redes sociais.

Foto: Reprodução

Correio da Paraíba